CBF e Fifa têm regulamentos que se contradizem e transferência de atleta pode emperrar

O impasse está criado em torno do futuro de Wellington Paulista . Diante dos problemas burocráticos encontrados pelo Grêmio para acertar a contratação, o atacante voltou a treinar no Palmeiras na tarde desta segunda-feira, de acordo com informações do site oficial do time alviverde.

O camisa 9 pediu para não enfrentar o Atlético-MG, no sábado, por conta da negociação em andamento com os gremistas. Com isso, o atacante foi a ausência na reapresentação do elenco palmeirense, na manhã desta segunda, na Academia de Futebol.

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

Porém, a negociação com o Grêmio está emperrada, pois a Fifa proíbe que um jogador atue por mais de duas equipes na mesma temporada em competições oficiais (a entidade desconsidera os Estaduais). Wellington Paulista atuou pelo Cruzeiro na Libertadores e pelo Palmeiras no Brasileirão, o que complicaria para defender os gaúchos.

No regulamento geral de competições da CBF, não consta a regra da Fifa, gerando o imbróglio, pois o Grêmio quer saber se pode se basear apenas pelas regras internas de transferências.

Com vínculo preso ao Cruzeiro, Wellington Paulista está emprestado até o fim do ano no Palmeiras, que não colocará empecilho para a eventual saída do atacante. Em dez jogos, o camisa 9 não marcou um gol sequer.

Coloque seu time em 1º lugar no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.