Atacante tenta conciliar vida de vereador em Goiânia com sonho de alcançar marcas de Pelé e Romário

[]Maior artilheiro ainda em atividade no futebol mundial, o atacante Túlio Maravilha completa 42 anos nesta quinta-feira. Ainda em busca do sonhado gol 1000, o ídolo de Botafogo e Goiás atualmente está sem clube, trabalhando apenas em seu primeiro mandato como vereador em Goiânia. Segundo suas contas, faltam coincidentemente 42 gols para alcançar a marca conquistada por mitos como Pelé e Romário.

Nos últimos anos, Túlio vem atuando de maneira itinerante por times de todo o Brasil, geralmente com contratos de um ou dois jogos. Na Copa do Brasil 2011, por exemplo, ele jogou dois jogos pelo Barras-PI contra o ABC ( empate em casa e derrota fora ). Seu último clube foi o Leão de São Marcos, de Nova Venécia-ES, time pelo qual anotou seu último gol, o de número 958, marcado em um jogo da amadora Copa Norte contra o Santo Antônio de Rio Bananal.

O "Maravilha", no entanto, conta gols em partidas amistosas e de categorias de base - segundo contagem oficial, ele tem 784 gols na carreira, ainda assim o maior artilheiro em atividade no mundo. Em atividade desde 1987, o atacante trocou de time quase 40 vezes na carreira. Suas passagens mais marcantes foram pelo Goiás, onde começou e deixou cerca de 200 gols e muitas saudades, e no Botafogo, clube pelo qual foi o herói da conquista do Brasileirão de 1995.

Em recente passagem pelo Botafogo-DF, o eterno matador Túlio Maravilha atuava com a camisa 1000
Gazeta Press
Em recente passagem pelo Botafogo-DF, o eterno matador Túlio Maravilha atuava com a camisa 1000

Para chegar ao gol 1000, no entanto, Túlio também acumulou passagens por clubes pequenos e obscuros do Brasil e do exterior, como o Sion, da Suíça, Újpest, da Hungria, o Jorge Wilstermann, da Bolívia, e Itauçuense, Canedense e Umuarama (todos de Goiás). Pela seleção brasileira, o "Maravilha" foi às redes 16 vezes.

*colaborou Rodolfo Rodrigues, do blog Futebol em Números

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.