Manchester United já demonstrou claro interesse no holandês, mas negociação com Inter de Milão está complicada

Paul Scholes parou de jogar futebol profissional no fim da última temporada e se juntou à comissão técnica do Manchester United . Parte do grupo que comanda o time, ele apoia a escolha de Sir Alex Ferguson para seu sucessor: o meia Wesley Sneijder , destaque da Inter de Milão.

O escocês já demonstrou claro interesse no jogador, mas a negociação com os italianos está difícil. Ele já chegou a negar que haja interesse no holandês. Ferguson também pensa em Samir Nasri, do Arsenal, e Luka Modric, do Tottenham, para a posição de organizador de jogo.

"Sneijder é brilhante. Há um ano e pouco ele vem sendo brilhante na Inter de Milão e na Holanda. Acho que ele não foi tão bem quanto queria no Real Madrid, mas é um jogador de primeiro nível. Se ele estiver disponível, muitos clubes estarão atrás dele", falou Scholes em entrevista à MUTV .

Embora o chefe-executivo David Gill garante que há ao menos mais uma contratação engatilhada, a comissão técnica já pensa em tentar substituir Scholes promovendo jovens meias, como Tom Cleverley, Paul Pogba e Ryan Tunnicliffe. "Temos muitos bons jovens. Cleverley está voltando do Wigan, Pogba é outro bom jogador. Tunnicliffe foi sensacional todas as vezes que o vi", afirmou Scholes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.