Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Agora atacante, Mancini comemora acerto com o Atlético-MG

"Não tenho mais fôlego para jogar na lateral", brincou o jogador, que fez muito sucesso como meia-atacante na Roma, da Itália

Gazeta |

O meia-atacante Mancini acertou um contrato de três anos com o Atlético-MG e deve ser apresentado oficialmente nesta sexta-feira. O jogador afirmou que a amizade existente entre ele e o presidente do clube, Alexandre Kalil, contribuiu bastante na decisão de voltar a vestir a camisa do time de Belo Horizonte. Mancini começou a carreira atuando na lateral direita, mas, segundo o atleta, chega para jogar do meio campo para frente e descartou jogar em outra posição.

"Meu relacionamento com o Atlético-MG, com o Alexandre Kalil, sempre foi muito sincero, então eu estou muito feliz em voltar. Agora é fazer os exames e preparar para iniciar a pré-temporada, para que 2011 seja um ano muito feliz. Tem dez anos que eu jogo de meia-atacante na Europa, e não tenho mais fôlego para jogar na lateral, mas isso a gente conversa com o Dorival e no dia-a-dia a gente resolve tudo", declarou.

Mancini espera repetir no Atlético-MG o mesmo sucesso que teve no clube em 2002 e na sua passagem pela Roma, da Itália, entre os anos de 2003 e 2008. Pela equipe italiana o jogador marcou 40 gols em 154 partidas - foi nesta época, que o atleta saiu da lateral e passou a frequentar o setor ofensivo. Depois, passou por Inter de Milão, Milan e voltou à Inter em seguida, mas pouco conseguiu fazer.

Com a camisa do time mineiro, Mancini brilhou no Campeonato Brasileiro de 2002. Neste ano, o jogador marcou 15 gols, um recorde para um atleta de defesa, e brigou com o atacante Marques pelo posto de maior ídolo da torcida atleticana. Ao todo foram 122 jogos pelo Atlético-MG, com 19 gols marcados.

Leia tudo sobre: Atlético-MGMancini

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG