Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Agente não tem pressa para satisfazer direção e tirar Juan do São Paulo

Lateral-esquerdo já recusou transferência para o Santos e segue no clube enquanto não encontrar um novo time

Gazeta |

A diretoria do São Paulo já avisou que não deseja ter Juan no elenco em 2012 e tenta repassá-lo até emprestado de graça ao clube que se interessar. Emerson Leão o mantém treinando, mas sem a intenção de escalá-lo. Situação que não incomoda em nada o empresário do lateral esquerdo, Eduardo Uram.

Leia também: "Este não é o fim", diz Rogério Ceni em vídeo à torcida

"Ele está cumprindo o contrato dele com o São Paulo", disse o agente em entrevista, sem se indispor ao ouvir que o tricolor não conta com seu cliente dentro de campo. "Não reagirei a essa decisão."

Com esta visão apresentada por seu empresário, Juan segue diariamente para o CT da Barra Funda, participando até dos treinos específicos para laterais, mas ciente de que não será relacionado - não tem nem número de camisa separado para usar nesta temporada.

No ano passado, Leão detectou desinteresse no lateral e até o afastou dos jogos por um período. Para 2012, com a contratação de Bruno Cortês, o técnico entrou em acordo com a diretoria para deixá-lo fora dos planos, com o garoto Henrique Miranda na reserva de Cortês. O problema é encontrar um clube que aceite as condições impostas por Juan.

E ainda: Osvaldo diz realizar sonho de jogar no São Paulo

Eduardo Uram foi apontado pelo presidente do Santos, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, como um dos principais entraves para a ida do jogador à Vila Belmiro. O mandatário alegou que o empresário fez uma alta pedida salarial para um lateral que completará 30 anos em 6 de fevereiro - o alvinegro da Baixada Santista aceitaria desembolsar o mesmo que ele recebe no São Paulo, mas o agente exigia aumento.

Para deixar de pagar o já alto salário de Juan, o clube paulista avisou que concorda cedê-lo de graça, com o valor de seus direitos econômicos fixado ao final do empréstimo, em dezembro. O Vasco demonstrou interesse e cogitou-se até insistir com o Santos, mas as negociações não avançaram como os são-paulinos queriam.

Enquanto não arrumam um destino para o jogador, os dirigentes e Leão assistem aos treinos sem perspectiva de usar o lateral, vinculado ao São Paulo até 31 de dezembro de 2013. E Juan quer ficar na capital paulista, onde nasceu e concluiu recentemente a montagem de sua casa.

Leia tudo sobre: são paulocampeonato paulista 2012juan

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG