Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Afastado, Márcio Rosário pede perdão e diz querer ficar no clube

Zagueiro foi afastado da equipe pelo departamento de futebol, após reclamar da reserva no Twitter

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Afastado do elenco principal do Botafogo na última quarta-feira, após ter reclamado da reserva e declarar que não renovaria o contrato com o clube, o zagueiro Márcio Rosário voltou atrás e se declarou arrependido. Também pelo Twitter, o jogador pediu desculpas aos torcedores e diretoria do clube e disse que gostaria de permanecer no Botafogo.

"Poxa, estou muito triste. Não consigo dormir porque estou muito triste. Eu quero ficar no clube e eu quero jogar. Peço perdão para todos”, escreveu Márcio Rosário, horas depois da vitória do Botafogo sobre o Paraná, pela Copa do Brasil.

O gerente de futebol do Botafogo, Anderson Barros, confirmou na coletiva após o jogo da última quarta-feira, o afastamento do jogador, que terá que treinar separado do time. O contrato de Márcio Rosário vence no final de junho, e a tendência é que não seja renovado.

O zagueiro foi barrado pelo técnico Caio Júnior depois de uma atuação ruim no empate de 1 a 1 contra o Resende, no último domingo e postou a seguinte mensagem na tarde da última quarta-feira: "Vou cumprir os três meses de contrato que tenho e vou embora. Não fico!", disse.

Leia tudo sobre: botafogocopa do brasil 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG