Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

AEG não descarta ajudar futebol do Palmeiras e trazer Beckham

Empresa é dona dos Los Angeles Galaxy, clube em que jogador inglês atua. Ele pode participar da festa de abertura

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Depois de viver muitas alegrias sob o comando da Parmalat, o futebol do Palmeiras procura um novo rumo. Teve sucesso com a Traffic e foi campeão paulista, mas atualmente vive uma fase de contenção de gastos e tenta reequilibrar as contas. Nesta quinta-feira, a AEG, que vai gerir a Nova Arena, não descartou ajudar também o time, bem como cogitou trazer David Beckham, mesmo que seja apenas para o jogo de inauguração.

Jornal inglês aponta interesse de Beckham em encerrar carreira no Brasil

”Nós gerimos arenas pelo mundo e também sabemos como é que se cuida de um time. Temos vários times de futebol sob o nosso comando e também entendemos como um time precisa trabalhar para ter sucesso. Nós celebramos contrato agora para gerir a Arena, e o Palmeiras é a prioridade”, disse o vice-presidente da AEG, Chuck Steedman.

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

David Beckham apareceu no telão para desejar boa sorte ao time brasileiro e para afirmar que a Nova Arena será um sucesso. Logo em seguida, seu nome passou a ser especulado como estratégia de marketing e como reforço da equipe.

”Claro que o Beckham pode aparecer em um jogo inaugural, em alguma coisa da Nova Arena. Porque não trazer os Los Angeles Galaxy para abrir o estádio como primeiro jogo?”, disse Beto Lima, presidente da BlueBox, empresa que vai ajudar a AEG em São Paulo.

A imaginação dos torcedores ganha força após o jornal inglês The Telegraph afirmar na sua edição desta quinta-feira que o astro confidenciou a amigos que pretende encerrar a carreira no Brasil. Por atuar no Galaxy, time que é de propriedade da AEG, fica fácil imaginar que ele pode conversar com o Palmeiras.

”Não posso responder belo Beckham, mas certamente ele seria um grande reforço. Mesmo chegando perto de se aposentar, ele ainda é um grande jogador”, disse o vice-presidente da AEG, Charlie Steedman, que já foi jogador de futebol na faculdade nos Estados Unidos.

”Eu já joguei futebol, sou maluco por este esporte. Tive até que operar meu joelho e pedi um tendão brasileiro para melhorar um pouco”, brincou Steedman. “Seria muito legal participar do jogo inaugural! Por que não?”, completou ele aos risos. “Aliás, meu filho, quando tinha 15 anos, já até fez peneira no Atlético-PR”.

Acha que Beckham deveria jogar no Palmeiras? Discuta na Torcida Virtual.

Leia tudo sobre: palmeirasbeckhampalestra

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG