Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Adversário no domingo, Saci diz que prefere ver Corinthians campeão

Lateral emprestado para o Goiás não enfrenta time paulista, mas ficará na torcida pelo título da equipe com quem tem mais um ano e meio de contrato

Bruno Winckler, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237854338938&_c_=MiGComponente_C

O Corinthians que enfrenta o Goiás no domingo no Serra Dourada terá pelo menos um jogador do atual elenco do clube goiano torcendo contra o próprio time na partida que pode dar ao clube paulista o título brasileiro de 2010. Wellington Saci, que não poderá jogar por força de contrato, gostaria de ver o Corinthians campeão, mesmo que para isso o Goiás tenha de ser derrotado. Já rebaixado, o time de Goiânia só tem olhos para a final da Copa Sul-Americana e por isso entrará com um time reserva contra o time paulista.

Agora a gente só pensa na Sul-Americana. Não posso jogar domingo, mas eu prefiro que o Corinthians seja campeão. Tenho amigos lá ainda. Sempre falo com o Dentinho, o Júlio César, o Elias, além de ser meu clube até maio de 2012, disse Wellington Saci por telefone ao iG na terça-feira, antes do último treino da sua equipe para o primeiro jogo da decisão contra o Independiente, no Serra Dourada. Saci está emprestado ao Goiás até o final deste ano e retorna ao Parque São Jorge em janeiro.

O lateral-esquerdo chegou ao Corinthians em 2008 para ser reserva de André Santos. Não se firmou no clube e acabou sendo emprestado. Primeiro foi para o Atlético-MG, em 2009, e agora para o Goiás. Seria bom voltar para um time campeão brasileiro, foi bom o tempo que fiquei no Atlético Mineiro, esse aqui no Goiás, mas minha vontade é voltar, disse Saci, que prefere não projetar como será 2011 para ele.

Meu plano é ficar no Corinthians, mas isso só vai ser decidido em janeiro quando eu voltar para o Corinthians e conversar com o técnico Tite. Não sei se vou ficar ou se vou ser emprestado de novo, disse Saci, empresariado pelo agente Carlos Leite, o mesmo de Mano Menezes. Foi o  atual treinador da seleção brasileira que indicou sua contratação ao clube paulista para a disputa da Série B de 2008.

Corinthians B
Saci é um dos cinco jogadores do elenco do Goiás que passaram recentemente pelo time do Parque São Jorge e que hoje defendem o Goiás. Os outros são o volante Carlos Alberto, o atacante Éverton Santos e os atacantes Rafael Moura e Otacílio Neto.

Destes, apenas o último está impedido de jogar contra o Corinthians porque, assim como Saci, está emprestado pelo Corinthians e no acordo entre as duas equipes ficou estipulado que ele poderia jogar contra o time paulista. É assim que funciona normalmente em casos de empréstimo, mas eu acho que o Otacílio (Neto) também vai ficar na torcida pelo título do Corinthians, disse Saci, bem-humorado, mas negando que haverá corpo mole dos goianos para facilitar a vida do Corinthians.

Quem jogar vai entrar com vontade de mostrar serviço. Não é todo dia que se enfrenta uma equipe do tamanho do Corinthians e a gente tem jogadores de muita qualidade que querem ter destaque num jogo como esse. É até um incentivo, disse o lateral.

Saci ainda comentou a brincadeira recente do volante Elias, do Corinthians. Pelo twitter, o corintiano deu parabéns ao Corinthians B ao comentar a classificação do Goiás para cima do Palmeiras pela Copa Sul-Americana na última quarta-feira. Eu vi isso. A gente deu muita risada disso aqui. Ele apimentou a rivalidade com o Palmeiras, disse Saci.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirocorinthiansgoiás

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG