Tamanho do texto

Conhecido como "Michael Jackson", atacante deve jogar contra o Comercial-PI, pela Copa do Brasil

O atacante Adriano "Michael Jackson" avisou nesta terça-feira que não possui as características necessárias para suprir a falta de um centroavante no elenco, mas prometeu lutar para acabar com a escassez de gols no Palmeiras . Nos últimos três jogos, a equipe marcou apenas um gol. Na quarta-feira, ele será o companheiro de ataque de Kleber contra o Comercial-PI, em Teresina, pela primeira fase da Copa do Brasil.

"Nós tínhamos um homem de referência que era o Dinei . Ele se machucou e precisa de alguém para o lugar dele. Eu sou um jogador que sei marcar gols, mas não sou centroavante de ofício. Mas sei também que, como jogo no ataque, serei cobrado por não fazer gols", afirmou.

Em 2010, Adriano se destacou ao marcar nove gols pelo Bahia na Série B do Campeonato Brasileiro. "Estamos precisando marcar, temos consciência disso. Perdemos muitos gols nos últimos jogos e isso não pode mais se repetir. O Felipão tem treinado finalização quase todos os dias e conversado bastante para que a gente tire mais a bola do goleiro. Nos treinos, já procuramos fazer isso e agora é levar esse aprendizado para dentro de campo", disse.

Adriano previu um duelo difícil para o Palmeiras por conta da motivação do Comercial. "Já joguei em times de menor expressão e existe uma motivação enorme para vencer os grandes. Vamos esperar o Felipão passar um vídeo do adversário, mas o respeito precisa ser enorme. Nosso intuito é classificar, mesmo que for necessário ter o jogo da volta", comentou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.