Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Adriano presta depoimento sobre jovem baleada em seu carro

Durante visita a Adriene Pinto, o atacante do Corinthians explicou o acidente para o delegado Carlos César Santos

iG Rio de Janeiro |

O delegado Carlos César Santos, do 16º Distrito Policial do Rio de Janeiro, já conversou com Adriano sobre a jovem que foi baleada acidentalmente dentro do carro do jogador do Corinthians. O "Imperador" prestou depoimento no próprio hospital Barra D'Or, onde estava visitando a vítima, Adriene Pinto. O delegado estava no local para colher o depoimento de Adriene e também conversou com o atacante.

Mulher ferida no carro de Adriano passa bem, diz boletim médico

Em nota oficial divulgada no final da tarde, a Polícia Civil afirma que "peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) colheram material nas mãos de Adriano e da vítima para verificarem resíduos de pólvora, além de realizarem a perícia no carro do jogador, recolhendo o projétil que atingiu a mulher e analisando de que direção partiu o tiro".

O delegado ainda não revelou qualquer conteúdo da conversa com o jogador, mas, segundo três outras testemunhas do acidente - um segurança de Adriano e outras duas mulheres que estavam no carro, Andreia Ximenes Pereira e Daniele Pena Cardoso -, não teria sido ele o responsável pelo disparo.

O acidente aconteceu na madrugada deste sábado no Rio de Janeiro. Adriene Cyrillo Pinto, de 20 anos, que estava no carro de Adriano, foi atingida por um tiro na mão esquerda e teve fratura exposta, sendo internada no hospital Barra D'Or, na zona oeste da cidade.

De acordo com as primeiras informações do tenente do 31º BPM (Recreio), Reinaldo Tomás da Silva, a vítima foi ferida dentro do carro. O tenente disse ainda que policiais militares estiveram no local e conversaram com Adriane Cirilo Pinto, que contou que Adriano brincava com uma pistola calibre 40, quando acidentalmente teria disparado na mão dela. O segurança do jogador nega a versão e diz que a vítima se acidentou enquanto manuseava a arma.

Segundo a assessoria de imprensa do hospital, Adriene tem estado de saúde é estável. Ela passou por uma limpeza para exploração da ferida no início da tarde e, embora passe bem, não tem previsão de alta. Ela ainda deve passar por uma cirurgia de reconstrução, provavelmente na terça-feira. Depois de visitá-la, Adriano deixou o hospital às 17h20, sem falar com a imprensa. Ele chegou por uma entrada auxiliar e não foi visto.

 

Leia tudo sobre: adrianocorinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG