Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Adriano minimiza lesão e se coloca à disposição do Santos

Segundo o meio-campista, as dores na canela diminuíram e ele deve atuar normalmente diante da Portuguesa, na quarta-feira

Gazeta |

Substituído no intervalo da partida em que o Santos bateu o Oeste, no último sábado, em Itápolis, pelo Campeonato Paulista, o volante Adriano minimizou a gravidade da lesão sofrida, na falta que resultou na expulsão do atacante Fábio Santos, aos 31 minutos do primeiro tempo do confronto. Segundo o meio-campista, as dores na canela diminuíram e ele deve atuar normalmente diante da Portuguesa, nesta quarta-feira, às 21h50 (horário de Brasília), na Vila Belmiro. 

"A canela ficou inchada e joguei o resto do primeiro tempo com muitas dores. Ainda bem que as dores já diminuíram bastante e não vai haver problemas para a partida de quarta contra a Portuguesa", revelou Adriano, antes de relembrar o lance que originou a sua contusão.

"Quando eu vi o atacante vindo com o pé levantado em minha direção, pensei até que ele quebraria minha perna", comentou o volante santista, que foi substituído por Rodrigo Possebon contra o Oeste.

Mas, apesar do susto, Adriano preferiu destacar que o resultado obtido diante do Oeste, responsável por colocar fim a uma série de quatro jogos sem vitória - empates com Deportivo Táchira (Venezuela), São Bernardo e Cerro Porteño (Paraguai), além da derrota para o Corinthians -, deve impulsionar o Peixe a engatar uma sequência positiva em seus próximos compromissos.

"Quando um time grande tem uma sequência sem vencer, sempre existe uma cobrança muito grande. A vitória sobre o Oeste foi importante não só pelos três pontos, mas também para dar um pouco mais de tranquilidade para a sequência do trabalho", encerrou.

Leia tudo sobre: Santoscampeonato paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG