Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Adriano marca, Corinthians vence e se mantém líder do Paulistão

Atacante jogou por 90 minutos e fez o único gol da vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo-SP

Bruno Winckler, iG São Paulo |

Em noite pouco inspirada do Corinthians , Adriano brilhou e marcou o gol único da vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo de Ribeirão Preto, pela 10ª rodada do Campeonato Paulista . Pela primeira vez desde que chegou ao clube, o “Imperador” atuou por 90 minutos e com seu gol, confirmou a liderança do Corinthians. O time chega a 26 pontos.

Deixe sua mensagem e comente a notícia com outros torcedores

O resultado confirma a ótima arrancada corintiana no Campeonato Paulista, melhor até que realizada nas 10 primeiras rodadas do torneio de 2009, ano do último título estadual corintiano. A equipe chega a oito vitórias e dois empates em 10 jogos e não pode mais ser alcançado pelos rivais nesta rodada.

Veja também: Adriano marca, mas reconhece que ainda precisa melhorar

O Corinthians pega agora a Catanduvense, dia 29, no Pacaembu. Ramírez será desfalque. Jogará pelo Peru nesta data. Já o Botafogo, com cinco pontos em 10 rodadas, recebe a Ponte Preta em Ribeirão Preto.

Gazeta Press
Adriano corre para comemorar depois de fazer 1 a 0 para o Corinthians


O jogo
Não demorou nada para o melhor time do Campeonato Paulista se impor e abrir o placar contra o Botafogo de Ribeirão Preto, presente na zona de rebaixamento desde o início do torneio. Aos 3 minutos, Willian roubou a bola na intermediária do campo rival e rolou para Ramírez na ponta esquerda. O peruano cruzou rasteiro para Alex, que chutou prensado na zaga. A bola sobrou para Adriano na pequena área e o “Imperador”, com chute mascado, conseguiu marcar seu segundo gol pelo Corinthians.

Confira a classificação atualizada do Paulistão


O bom início, porém, não teve continuidade do Corinthians. Passivo e esperando o tempo passar, o time do Parque São Jorge pouco criou depois de abrir o placar. A postura do Corinthians animou o Botafogo, que terminou a primeira etapa com o dobro de finalizações do time mandante. Com chutes de fora da área, o time de Ribeirão Preto acertou o alvo três vezes e obrigou Julio Cesar a trabalhar. Ao todo, o Botafogo chutou oito vezes a gol contra apenas quatro do Corinthians.

Depois do gol, a melhor chance criada, apesar do pouco interesse corintiano, partiu dos comandados por Tite. Aos 39 minutos, Paulinho cruzou para Adriano e o "Imperador", sem marcação, cabeceou firme. A bola rente à trave direita do gol do Botafogo. O primeiro tempo terminou sem deixar uma boa impressão, apesar da vitória parcial corintiana. O Corinthians, dono das melhores médias de posse de bola do Paulistão, foi para os vestiários com 47% contra 53% do Botafogo-SP.

A dupla de meias escolhida por Tite para iniciar a partida, com Ramírez e Alex, não foi bem. O segundo, que era dúvida para o jogo, mas acabou passando nos testes finais no vestiário, teve atuação apagada. O peruano, diferente das suas participações contra São Caetano e Portuguesa, também foi nulo. Sem mudar o quadro nos primeiros minutos do segundo tempo, Tite fez duas mudanças aos 18 minutos. Saíram Willian e Ramírez e entraram Gilsinho e Edenílson.



E na primeira bola de Gilsinho, pela ponta direita, o atacante driblou Alex Barros e cruzou bem para Adriano. O "Imperador" teve tempo para dominar e fuzilar, mas não passou pelo goleiro Juninho, que foi muito bem e defendeu o forte chute. Três minutos depois, Alex fez sua melhor jogada na partida e depois de passar por dois adversários cruzou para Chicão. O zagueiro cabeceou firme no canto, mas Juninho fez nova boa defesa.

FICHA TÉCNICA - CORINTHIANS 1 x 0 BOTAFOGO-SP

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 25 de fevereiro de 2012 (sábado)
Horário: 18h30 (de Brasília)
Renda: R$ 561.449,00
Público: 17.162 pagantes
Árbitro: Robério Pereira Pires
Assistentes: Reinaldo Rodrigues dos Santos e Claudson Lincoln Beggiato
Assistentes Adicionais: Fabio de Jesus Volpato Mendes e Márcio Roberto Soares
Cartões Amarelos: Tiago Ulisses e Alex Barros (Botafogo-SP)
Gols:

CORINTHIANS: Adriano, aos três minutos do primeiro tempo.
CORINTHIANS:
Julio Cesar; Welder, Chicão, Wallace e Fábio Santos; Ralf, Paulinho (Douglas), Alex e Cachito Ramírez (Edenílson); Willian (Gilsinho) e Adriano
Técnico: Tite
BOTAFOGO-SP: Juninho; Alessandro, Marco Aurélio, Marquinhos e Alex; Glauber, Leandro Carvalho (Tiago Ulisses), Léo Gonçalves e Camilo (Felipe); André Dias e Clebinho (Fabinho)
Técnico: Vagner Benazzi
 

Leia tudo sobre: adrianocorinthianscampeonato paulista 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG