Tamanho do texto

Fisioterapeuta do Corinthians acredita que o atacante pode voltar a jogar antes dos cinco meses previstos

O atacante Adriano inicia nesta terça-feira no CT do Corinthians , no Parque Ecológico, o tratamento para se recuperar da cirurgia no tendão de Aquiles esquerdo, realizada no último dia 20 de abril . Depois de passar 10 dias no Rio de Janeiro entre o feriado de Páscoa e alguns dias de folga, o jogador retornou a São Paulo e segundo o fisioterapeuta Bruno Mazziotti, é possível que o atacante volte aos gramados antes dos cinco meses previstos pelo médico Joaquim Grava, que comandou a cirurgia.

Com ajuda de de uma muleta, Adriano passeou por shopping no Rio de Janeiro durante sua folga
AgNews
Com ajuda de de uma muleta, Adriano passeou por shopping no Rio de Janeiro durante sua folga

[]"A priori, acreditamos que ele conseguirá voltar antes do previsto. Ele iniciará esse processo nesta terça-feira. A gente está mantendo uma atenção muito grande nesse início de trabalho para que depois seja mais fácil fazermos fisioterapia”, disse Mazziotti, ao jornal “Marca Brasil”.

Ainda sem poder caminhar sem a “Robo-foot”, uma bota especial que mantém o local da lesão imobilizado, o atacante passará por um trabalho leve neste início de recuperação. “Nesse início, vamos dar uma avaliada ainda na condição do atleta. Fazer alguns exames que restam. É uma parte inicial da cicatrização da cirurgia. Vamos fazer isso com laser e correntes eletromagnéticas para acelerar esse processo, um dos mais importantes da recuperação do Adriano”, explicou o fisioterapeuta.

Com a “Robo-foot” e com muletas, Adriano foi visto na última semana passeando em um shopping do Rio . Segundo o médico do clube, Júlio Stancatti, não havia problemas de o jogador caminhar neste período de recuperação. “Ele só não podia tirar a Robo-foot e as muletas. Ele estava precavido”, disse o médico.

No dia seguinte à cirurgia, ainda no Hospital São Luiz, Joaquim Grava disse que nos primeiros 15 dias de recuperação, Adriano “não poderia fazer qualquer tipo de movimentação” da área lesionada .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.