Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Adriano é eleito pela terceira vez o pior da Itália

Brasileiros Amauri, da Juventus, e Ronaldinho, do Milan, completam o pódio do Bidione dOro

Agência Estado |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882596015&_c_=MiGComponente_C

O atacante Adriano, da Roma, é o ganhador do prêmio "Bidone d'Oro", dado pela rádio italiana "Catersport" ao pior jogador do ano no futebol da Itália. Ele já havia sido vencedor da pouco honrosa premiação em 2006 e 2007, quando atuava pela Inter de Milão.

AFP
Adriano já havia sido eleito o pior jogador da Itália em 2006 e 2007 

O jogador se tornou sucessor de outro brasileiro. Em 2009, o volante Felipe Melo, após uma péssima temporada na Juventus, foi o escolhido. A eleição existe desde 2003, quando Rivaldo, na época no Milan, a venceu. Nicola Legrottaglie (Juventus, 2004), Christian Vieri (Inter de Milão e Milan, 2005) e Quaresma (Inter de Milão, 2008) completam a lista.

Apesar da má fase na Roma, Adriano está sendo muito cobiçado no futebol brasileiro. Corinthians e Palmeiras já manifestaram o interesse no jogador, mas no último domingo a presidente do clube italiano, Rosella Sensi, afirmou que ele ficará na equipe.

O atacante, no entanto, não foi o único brasileiro a figurar entre os dez primeiros da votação deste ano. Amauri, da Juventus, foi o segundo, Ronaldinho, do Milan, o terceiro, Mancini, da Inter de Milão, o sétimo, Diego, ex-Juventus, o oitavo, e Felipe Melo, também da Juventus, o nono.

Leia tudo sobre: adrianofutebol internacionalitaliano 2010itália

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG