Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Adriano diz que fica no Roma e frustra sonho do Corinthians

Atacante admite que pedido da presidente da Roma para sua permanência pesou mais do que o lobby de Ronaldo

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

Se o torcedor do Corinthians ainda tinha alguma esperança de ver uma dupla de ataque formada por Adriano e Ronaldo em 2011, o próprio atacante do Roma acabou com o sonho corintiano durante o lançamento de um projeto social para crianças carentes nesta quarta-feira, na Vila Cruzeiro, no Rio de Janeiro. Apesar do desejo de regressar ao Brasil e do mau momento na Itália, o Imperador confirmou que cumprirá seu contrato com o Roma.

“Eu vou voltar para Roma. Não tem como sair de lá agora. Conversei bastante com a presidente (Rosella Sensi) e disse que estava um pouco triste por que não estava jogando, mas ela me pediu paciência e disse que minha oportunidade iria surgir. E felizmente surgiu no último jogo contra o Milan. Ela não abriu mão de mim”, disse Adriano, que volta dia 29 para a Itália mais confiante com o apoio da presidente.

“As coisas agora serão mais tranquilo para mim sabendo que ela está comigo. É ter paciência e buscar as oportunidades. O desejo de jogar com Ronaldo vai ficar para uma outra vez”, brincou Adriano, confirmando o lobby do Fenômeno.

Artilheiro do Campeonato Brasileiro em 2009, o ex-jogador do Flamengo admitiu que realmente conversou com Ronaldo sobre uma possível ida para o Corinthians. Apesar da força e do desejo de atuar ao lado do Fenômeno, Adriano afirma que o poder de convencimento de Rosella Sensi falou mais alto.

“O Ronaldo sabia que eu estava infeliz por não estar jogando. Eu não não estava me sentindo parte da equipe. Por isso houve o interesse dele e nós conversamos sobre essa possibilidade. Mas, antes de decidir alguma coisa, achei que devia conversar com a presidente. Ela me deu força e disse que estava do meu lado e que minha oportunidade ia chegar”.

Nascido e criado na Vila Cruzeiro, Adriano chegou a Vila Cruzeiro acompanhado da avó, Wanda, e da mãe, Rosilda. Feliz com a pacificação no local, o atacante comentou sobre o projeto que visa proporcionar eduação e esporte para as crianças da comunidade.

"Eu sempre ajudei e nunca quis divulgar. Mas acho que depois de tudo que aconteceu era importante mostrar este tipo de projeto. Era um grande sonho meu e já era para ter sido feito há muito tempo. O objetivo é fazer novos cidadãos, mas quem sabe não descobrimos novos imperadores por aqui”, Brincou Adriano.

Leia tudo sobre: Tottifutebolcorinthiansadriano

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG