Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Admirador de Romário, Lucas Gaúcho quer mostrar serviço

Atacante, que pode ter estreia como titular contra o Fluminense, descarta falta de motivação no final do Brasileirão e não se importa de ter gols comemorados pelo Corinthians

Levi Guimarães, iG São Paulo |

Parte da torcida são-paulina pode até torcer contra o próprio time no jogo contra o Fluminense com a intenção de ver o Corinthians prejudicado, mas o elenco do clube do Morumbi já deixou claro que vai encarar a partida como outra qualquer e buscar a vitória, até pela chance ainda existente de vaga na Libertadores. E para os mais jovens jogadores da equipe, ainda existem mais motivos para dar o máximo no jogo.

É o caso do atacante Lucas Gaúcho, que depois de marcar seu primeiro gol como profissional no último domingo, pode ganhar a primeira oportunidade como titular na próxima rodada, justamente no jogo em que uma vitória sobre o Fluminense pode favorecer o rival Corinthians.

Esse é o momento que eu tenho para mostrar o que tenho de melhor. Então vou entrar com o mesmo pensamento de todas as partidas. É o jogo mais importante para mim, não tem como não entrar com vontade, afirmou o jogador após o treino desta quarta.

Recém-promovido ao elenco profissional, Lucas Gaúcho se disse feliz por treinar e aprender com companheiros de ataque como Dagoberto, Fernandão, Ricardo Oliveira, Fernandinho e Marlos. Mas confessou sua admiração por outro centroavante, que nunca atuou pelo São Paulo. Eu sempre admirei muito o Romário, porque dentro da área nunca vi um jogado igual a ele.

O camisa 39 também disse acreditar que começou a conquistar seu espaço no time no momento certo. Não demorou não. O São Paulo sempre faz a coisa certa, não queimam etapas com atletas. Se me botaram agora é porque posso ajudar dentro de campo, afirmou.

Por fim, ele disse não se importar que um possível gol contra o Fluminense seja mais comemorado pelos corintianos do que pelos são-paulinos. Vou entrar para fazer gols, é a minha função. Se eles comemorarem... minha família vai comemorar muito, a torcida do São Paulo também.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofutebolsão paulo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG