Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Adilson teme ¿água batizada¿ e ¿corredor polonês¿ na Libertadores

Experiente na competição, treinador alerta os atletas mais jovens sobre alguns perigos que podem ocorrer

Samir Carvalho, iG Santos |

Apesar da experiência adquirida na competição, o técnico do Santos Adilson Batista não esconde algumas preocupações em disputar a Copa Libertadores da América. Desta forma, o treinador alertou os atletas mais jovens do elenco sobre alguns perigos que podem ocorrer em jogos fora do Brasil. Entre eles, Adilson citou o perigo de beber água cedida pelo adversário, além do “corredor polonês”, um dos termos usados para quem sofre agressão de um grupo de pessoas.

“Na Libertadores os gandulas murcham a bola, aí reclamam para o árbitro e somos multados em 150 dólares. Aí, tomamos uma água batizada, que não era para tomar. Depois, passamos por um corredor polonês antes de entrar no campo, onde vocês (imprensa) não podem filmar, e já tem briga antes do jogo. Isso é Libertadores”, afirmou o técnico.

Adilson Batista conhece bem a Copa Libertadores da América. Como treinador, disputou as três últimas edições da competição, todas pelo Cruzeiro. Em 2009, chegou à final, mas perdeu o título para o Estudiantes, da Argentina. Além disso, o ex-zagueiro foi campeão da competição continental em 1995, quando era atleta do Grêmio.

“É uma prova (Libertadores) que vamos ter, o time é bom. É um desafio que eu já conheço, precisamos passar tranquilidade, pois são jogos competitivos”, disse Adilson, que também ressaltou a importância de contar com jogadores experientes no elenco para disputar a competição.

“Temos jogadores experientes, como Durval, Dracena, Elano, e também os meninos da Seleção Sub-20 (Neymar, Alan Patrick, Danilo e Alex Sandro). Na Libertadores, temos que ter experiência, cuidados para não cair na provocação”, concluiu.

O Santos estreia na Libertadores diante do Deportivo Táchira, na próxima terça-feira, na Venezuela. A equipe de Adilson Batista está no Grupo 5 da competição. Além dos venezuelanos, os santistas enfrentarão na primeira fase o Cerro Porteño, do Paraguai e Colo Colo, do Chile.

Gazeta Press
Adilson Batista aposta na experiência de Elano para superar os perigos da Libertadores

 

Leia tudo sobre: santosadilson batistacopa libertadores 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG