Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Adilson rebate vaias da torcida e justifica saída de Luis Fabiano

Treinador disse que agiu pela razão em sacar Luis Fabiano e colocar Carlinhos Paraíba no 2º tempo

Samir Carvalho, iG Esporte |

null

Após a derrota do São Paulo diante do Flamengo por 2 a 1 neste domingo , no Morumbi, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Adilson Batista rebateu as vaias da torcida, que não gostou da substituição feita pelo treinador aos 14 minutos do segundo tempo: Adilson sacou Luis Fabiano para a entrada de Carlinhos Paraíba.

Siga o iG São Paulo no Twitter

O treinador declarou que agiu pela razão ao ignorar a festa da torcida do São Paulo, que lotou o estádio para acompanhar a reestreia do camisa 9.

“Eu sei que foi a reestreia do atleta, mas tive que agir com a razão. Independente da carga negativa, as vaias dos torcedores, isso faz parte do futebol. Mas tive que pensar no coletivo”, afirmou Adilson Batista, que aprovou a reestreia de Luis Fabiano.

Veja a classificação atualizada do Brasileirão 2011

“Nós temos enaltecer, dar os parabéns, não é fácil ficar sete meses em jogar. Temos que elogiar a atuação dele, pois esse atleta jogou de uma maneira. Temos que enaltecer”, completou.

O próprio Luis Fabiano defendeu o treinador das vaias da torcida. O camisa 9 pediu para ser substituído devido a falta de ritmo de jogo. Além disso, a expulsão de Lucas influenciou na alteração, já que Luis Fabiano não toinha condições de ajudar na marcação.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e comente a reestreia de Luis Fabiano

“Era uma coisa programada. A gente tinha conversado, eu achava que não aguentaria o segundo tempo. No vestiário a gente conversou, eu disse que estava bem, mas debaixo de chuva e com um homem a menos (Lucas foi expulso), não poderia ajudar na marcação”, disse.


 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG