Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Adilson faz força para segurar Henrique, craque do Mundial sub 20

Na próxima semana, quando se reapresentar, Henrique deve finalmente ter chances no clube onde virou profissional

Gazeta |

Henrique nem precisava ser campeão, artilheiro e eleito o melhor jogador do Mundial sub 20 para conquistar Adilson Batista. O técnico nunca teve o atacante sob seu comando, mas o queria muito antes de ele embarcar para a Colômbia com a seleção brasileira. E já faz apelo para que o jogador continue no clube.

"Eu já tinha pedido o empréstimo do Henrique junto com o do Cléber Santana quando estava no Atlético-PR, mas não deu certo. Ele me deu trabalho quando enfrentei o Vitória no ano passado", disse o treinador, que estava à frente do Corinthians que venceu o time baiano no Pacaembu por 2 a 1.

Com raras oportunidades como titular com Paulo César Carpegiani, o atleta já era pretendido por outros clubes, como a Portuguesa, antes mesmo de ter um Mundial sub 20 perfeito. A diretoria está certa de que propostas de clubes do exterior devem aparecer até o fim do mês, quando se encerrará a janela de transferências para equipes estrangeiras.Adilson Batista, entretanto, deve ser uma opinião negativa na discussão para se desfazer de Henrique. "Ele jogou muito bem na Colômbia, eu já gostava dele antes. Mas isso de contrato, dinheiro, deixo para a diretoria", desconversou o treinador na última sexta-feira, antes mesmo de o atacante ter os três prêmios confirmados.

Veja imagens da conquista do Mundial sub 20 pela seleção brasileira :

Na próxima semana, quando se reapresentar, Henrique deve finalmente ter chances no Tricolor, onde virou profissional. Para ganhar experiência, ele já havia sido emprestado ao Vitória no ano passado. Agradou, tanto que Paulo César Carpegiani lamentou só poder contar com ele somente no início deste ano.

O problema é que o treinador não justificou a ansiedade por tê-lo à disposição e não lhe deu tantas oportunidades no início da temporada. Novamente encostado na equipe do Morumbi, Henrique fez um Mundial sub 20 perfeito.

Enquanto o São Paulo sofre na espera pela recuperação de Luis Fabiano para ter um centroavante, seu jogador marcou cinco gols e ganhou tudo o que podia. Com a glória na Colômbia, pode, enfim, provar seu valor em casa agora.

Leia tudo sobre: adilson batistahenriquemundial sub 20são paulo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG