Equipe paranaense perdeu por 2 a 0 do Bahia e tem apenas um ponto em seis jogos disputados

Adílson Batista não é mais técnico do Atlético-PR . Ele pediu demissão ainda nos vestiários após ver seus comandados serem derrotados por 2 a 0 para o Bahia dentro de casa. O revés mantém o time como o pior, ao lado do Avaí, que tem um jogo a menos, mas também soma apenas um ponto.

Reprodução/Site Oficial
Atlético-PR não tem mais Adílson Batista no comando
“Estou muito decepcionado, chateado, peço desculpa, infelizmente não estamos conseguindo realizar aquilo que queríamos e pensando pelo bem do clube, tomei a decisão de sair. Conversei com o presidente (Marcos Malucelli) e o Alfredo (Ibiapina, diretor de futebol). A decisão é minha  e de coração. É o melhor para o Atlético nesse momento”, afirmou Adilson, que completou.

Coloque seu time em 1º no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte

“Estou deixando o Atlético, em uma situação que não gostaria, muita dedicação, trabalho, algumas noites sem dormir, buscando a melhor formação. O verdadeiro atleticano está chateado, também estou pensando no bem do Atlético. Gostaria de agradecer o clube e quem sabe no futuro voltar, agora, a vida segue”, falou assumindo erros na campanha do time no Brasileir o, que marcou apenas um gol.

Ainda não há especulação para quem assumirá o lugar de Adílson Batista. O time do Paraná tenta procurar um treinador até a próxima quinta-feira, quando enfrenta o Fluminense pela 7ª rodada do Brasileirão.

null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.