Primeiro treino com o novo treinador teve a presença de apenas 18 jogadores por conta de lesões e dispensas

O técnico Adílson Batista começou nesta quarta-feira a moldar o Atlético-PR para a sequência do Campeonato Paranaense. Porém, no primeiro treino comandado pelo novo técnico, apenas 18 atletas estiveram presentes. Os demais seguem tratando de lesões ou foram dispensados no início da semana.

“Hoje tivemos 18 (atletas) para trabalhar. E desses 18, um está suspenso, que é o Madson. Então, já tem 17, com os três goleiros que estavam ali. MAs não sou de ficar reclamando, não. Vamos trabalhar”, disse Adílson, resignado.

O treinador arma a equipe para a partida contra o Cianorte, domingo, fora de casa. Para este jogo, o número reduzido de atletas se deve também à dispensa dos laterais Edgar e Raul e dos volante Alê e Vitor. Além deles, o volante Claiton teve o contrato rescindido.“Os cinco jogadores já estavam (na lista). Não adianta você ficar se esquivando disso ou daquilo”, disse Adílson.

Cinco pontos atrás do Coritiba na classificação do segundo turno, o Atlético tem a dura missão de evitar que o rival (campeão do primeiro turno) confirme a conquista do Campeonato Paranaense.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.