Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Adilson Batista exalta superação física para empatar em casa

Técnico do São Paulo diz que placar por 2 a 2 pode ser considerado bom por causa do cansaço acumulado

iG São Paulo |

Adilson Batista não concordou com as vaias que os torcedores deram no Morumbi após o empate por 2 a 2 entre São Paulo e Atlético-PR . O treinador afirmou que o resultado foi muito bom se considerar a superação de seus atletas, que jogaram na última quarta-feira pela Copa Sul-Americana, contra o Ceará.

Ele ainda destacou o fato do time do Paraná ter poupado atletas no jogo contra o Flamengo, no mesmo dia, pela mesma competição.

Siga o Twitter do iG São Paulo e receba as notícias do seu time em tempo real

“Primeiro quero agradecer a presença dos torcedores, que estão sempre aqui. Nós fizemos um bom jogo, com bom volume e criamos algumas situações. O adversário ainda poupou alguns jogadores e isso faz diferença. Tivemos que improvisar, enfrentamos problemas de lesão, tomamos gol na bola parada e no tiro de meta. Não quero desmerecer o adversário, mas tudo isso pesa. Então eu acho que não merecíamos mesmo a derrota, por causa do nosso volume, especialmente pela dificuldade e do cansaço”, disse o comandante.

“O adversário veio marcando, muito fechado. Nós fizemos um bom primeiro tempo, rodamos bem a bola, criamos cinco ou seis situações de gol. Tomamos um de desatenção, como foi contra o Ceará. Hoje eu tinha preocupação com cansaço, como já havia alertado. Não é tão simples jogar com um a menos no Ceará, enfrentar viagem e tudo mais”, completou.

Coloque seu time em 1º lugar no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte

O empate por 2 a 2 tirou a chance do São Paulo de liderar o Brasileirão pelo menos até domingo. Com 32 pontos, o time do Morumbi ficou na 3ª colocação, um atrás do líder Corinthians, que também está empatado com o Flamengo no mesmo número de pontos.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG