Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Adilson acredita no título e não teme “sombra” de Felipão

Treinador cita jantar com amigo Luiz Felipe Scolari, e ironiza ser trocado pelo técnico do Palmeiras

Samir Carvalho, iG Esporte |

Após o empate sem gols diante do Internacional-RS , na Arena Barueri, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Adilson Batista foi bastante questionado em entrevista coletiva. O treinador respondeu as vaias da torcida, disse que ainda acredita no título, e não teme ser trocado por Luiz Felipe Scolari, cogitado para assumir o time do Morumbi na próxima temporada.

Veja a classificação atualizada do Campeonato Brasileiro

“Eu jantei com o Felipão esses dias ai, e ele não me contou nada. Eu já sou vacinado, tenho experiência no futebol, vejo cada coisa, temos que ter paciência. Sou amigo do Felipão, vou marcar outro almoço e ver se ele confessa”, ironizou Adilson.

Apesar do empate contra o Inter, o treinador ainda acredita no título do Campeonato Brasileiro.

“Pela tradição, pela força, nós ainda estamos brigando pelo titulo. Temos nove rodadas, precisamos vencer um número alto, mas a briga continua. Fizemos um grande jogo, mas não foi bom o resultado. Não adianta lamentar, nós estamos na briga”, disse.

O treinador ainda justificou a alteração que provocou os xingamentos da torcida na Arena Barueri. Segundo Adilson, Dagoberto reclamou de dores musculares e, por isso, foi substituído por Marlos no final da partida.

“Eu tirei o Dagoberto, podia ser o Rivaldo, eu precisava de um jogador para chegar. O Dagoberto sentiu um desconforto na perna, mas faz parte eu ser vaiado”, explicou o técnico.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e comente as declarações de Adilson

Leia tudo sobre: são pauloadilson batistafelipãobrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG