Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Adebayor diz que "futebol é para homens" e critica choro do Barça

Para Adebayor, já virou costume o Real Madrid ter jogadores expulsos em clássicos contra o Barcelona

Gazeta |

A derrota por 2 a 0 para o Barcelona, na última quarta-feira, no primeiro duelo das semifinais da Liga dos Campeões gerou reclamações do Real Madrid contra o árbitro Wolfgang Stark, que expulsou o zagueiro Pepe no segundo tempo. Depois de entrar no segundo tempo da partida, o atacante Adebayor não falou sobre o juiz alemão e preferiu criticar um comportamento que ele julga ser recorrente no rival catalão.

AP
Adebayor, do Real Madrid, na semifinal da Liga dos Campeões contra o Barcelona

"O futebol é um esporte para homens, mas cada vez que jogamos contra o Barcelona, basta um toque para eles chorarem como bebês, colocando a mão na cara. O seu treinador (Pep Guardiola) e seus torcedores estão sempre chorando", afirmou o togolês.

Para Adebayor, já virou costume o Real Madrid ter jogadores expulsos em clássicos contra o Barcelona. No caso do jogo desta quarta, mesmo com a solada de Pepe em Daniel Alves, o atacante acredita que o luso-brasileiro não deveria ter recebido o cartão vermelho.

"É a terceira vez que jogamos contra o Barcelona em poucos dias, e sempre acabamos com dez (jogadores). Isso me parece incrível. Talvez tenha sido falta, mas não era para cartão vermelho", opinou o atacante.

Leia tudo sobre: barcelonareal madridespanhafutebol mundialadebayor

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG