Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Acordo entre Cicinho e Santo André libera palmeirense de multa

Clube admitiu atraso em salário e recuperou valor pago ao Oeste pelo empréstimo até fim de 2011. Lateral não atua mais por liminar

Marcel Rizzo, iG São Paulo |

Santo André e Cicinho entraram em acordo na manhã desta segunda-feira. O clube cobrava do lateral-direito que está no Palmeiras R$ 2,4 milhões pela rescisão do empréstimo, que valeria até dezembro de 2011. O jogador pertence ao Oeste, que o repassou ao Palmeiras depois que a Justiça o liberou do Santo André por causa de atraso no salário.

O acordo prevê o pagamento de R$ 32 mil de salários atrasados ao atleta, que tinha conseguido uma liminar pelo acúmulo de R$ 39 mil (os R$ 7 mil de diferença foram para pagamento de FGTS – Fundo de Garantia por Tempo de Serviço). O Santo André abriu mão dos R$ 2,4 milhões admitindo a dívida, mas recebeu de volta os R$ 150 mil que pagou ao Oeste pelo empréstimo.

Cicinho foi inscrito pelo Palmeiras para jogar no Campeonato Paulista e na Copa do Brasil com base na liminar concedida pela juíza Rose Mary Copazzi Martins, da 4ª Vara do Trabalho de Santos. Agora não há mais risco de ter problema jurídico, já que o contrato de empréstimo entre Santo André e Cicinho não existe mais. Ele participou das vitórias do Palmeiras sobre o Ituano (4 a 1, quinta-feira passada) e Oeste (1 a 0, no último domingo).

Leia tudo sobre: palmeirasCampeonato Paulista 2011cicinhosto andré

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG