Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Acordo encerra processo de aliado de Mustafá contra Belluzzo

Gilto Avallone, conhecido por contestar acordo com WTorre, preferiu retirar processo contra ex-presidente

iG São Paulo* |

O conselheiro Gilto Avallone, membro do COF (Conselho de Orientação e Fiscalização) e aliado de Mustafá Contursi, aceitou um acordo para retirar um processo contra Luiz Gonzaga Belluzzo, ex-presidente do Palmeiras . Por causa do acordo, o economista terá de pagar R$ 5.600 (quantia equivalente a 10 salários mínimos) a uma instituição de caridade.

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

O caso foi registrado no ano passado, quando Belluzzo atacou Gilto Avallone em uma entrevista. Na ocasião, o economista chamou o adversário político de "energúmeno'' e ''ser desprezível'', lembrando dos problemas que ele teve durante a sua gestão.

Conheça o aplicativo Torcida Virtual e coloca o Palmeiras em 1º

Gilto Avallone sempre foi um dos maiores críticos à gestão de Luiz Gonzaga Belluzzo e responsável por muitos questionamentos sobre a Arena Palestra Itália e um dos que mais contestam o sistema financeiro empregado pelo antecessor de Arnaldo Tirone.

Agora, Avallone faz parte da situação palmeirense, pois apoiou Arnaldo Tirone nas eleições presidenciais. Já Belluzzo preferiu diminuir a ação na política do clube principalmente depois de um problema cardíaco registrado no fim de 2010.

*Com informações da Gazeta

Leia tudo sobre: palmeirasbelluzzogilto avallonemustafá contursi

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG