Jogador pode disputar posição com Wagner, no meio-campo, ou com Rafael Sóbis, no ataque tricolor

Com a confirmação de Thiago Neves como sexto reforço do Fluminense para a temporada, resta apenas uma dúvida na cabeça do torcedor. Como o técnico Abel Braga irá encaixar todas as peças do ataque tricolor? Com opções como Fred , Sóbis , Deco , Wagner , Rafael Moura e Lanzini , até mesmo o esquema tático da equipe pode ser alterado para arrumar espaço ao novo reforço.

Leia mais: Polêmicas marcam transferências de Thiago Neves no Fluminense

Na teoria, Thiago Neves chega para disputar uma vaga com Wagner no meio-campo, armando o jogo ao lado de Deco. Outra opção é a entrada do reforço na vaga de Rafael Sóbis, formando dupla de ataque com Fred. Uma terceira maneira de escalar Thiago Neves na equipe, é mudando o esquema tático para o 4-3-3, com Deco armando e Rafael Sóbis, Fred e Thiago Neves no ataque.

Veja mais: Infográfico destrincha mapa dos Campeonatos Estaduais

Também contratado nesta temporada, o meia Wagner sabe que a disputa para manter o lugar na equipe será difícil, mas confia no seu potencial.

“É muito jogador bom, a gente sabe disso. A minha ideia é de estar jogando, claro. Já vi o Thiago jogando de centroavante, de segundo atacante, de meia, com o Conca ali atrás. Acho que as situações o Abel vai estar criando. Cabe aproveitar e não dar espaço, porque quem der espaço o outro chega e pega a posição (risos)”, disse Wagner.

Veja também: Relembre outros jogadores que já viraram a casaca no futebol

A chegada de Thiago Neves atende um pedido do técnico Abel Braga de ter ao menos três jogadores de qualidade para cada posição no elenco. A equipe já havia contratado o meia Wagner, o volante Jean, o zagueiro Anderson e os laterais Bruno e Thiago Carleto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.