Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Abel prega ofensividade e diz que postura surpreendeu

Treinador do Flu também avaliou vitória sobre o Vasco como melhor atuação de um time no torneio

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

A máxima de que 'a melhor defesa é o ataque' deixou de ser um clichê. Virou estratégia para o técnico Abel Braga neste domingo, na vitória por 3 a 1 do Fluminense sobre o Vasco, na final da Taça Guanabara. Se o time de São Januário chegou para a decisão com a melhor campanha – oito vitórias em oito jogos – e um conjunto elogiado, o treinador do Fluminense apostou em uma formação com Fred, Wellington Nem, Thiago Neves e Deco.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“Muitos duvidaram que nós usaríamos uma estratégia totalmente voltada para o ataque. Comentei com os jogadores antes da partida que o pessoal não acreditaria que jogaríamos da mesma forma como enfrentamos o Botafogo. Os atletas acreditavam que era a forma de quebrar um pouco o coletivo que Vasco tem, que é a grande qualidade deles”, declarou o treinador do Fluminense.

Do começo instável, quando o time chegou a depender do próprio Vasco para avançar às semifinais, o técnico tirou a superação como lição. E a convicção de que a decisão de poupar os atletas em algumas partidas foi acertada, sem se importar com os resultados iniciais.

Leia também: Flu encerra jejum de clássicos, vence Vasco e conquista a Taça Guanabara

“Mais uma vez o grupo mostrou superação. Pagamos algum preço pela estratégia usada no começo da competição. Poupamos a equipe em dois ou três jogos. Se não fosse o rodízio, o Valencia teria tido a atuação que teve hoje? Era nossa estratégia, procurar rodar todo mundo, sabendo que todos têm condições de jogar. Nossa grande virtude foi não ter mudado nossos rumos mesmo nos momentos ruins”, analisou Abel Braga.

O Vasco também foi exaltado por Abel, que no entanto apontou a atuação do Fluminense como a melhor de um time no campeonato. “O Vasco chegou com uma ótima campanha, foi um digno vencido. Mas acho que foi a melhor atuação de uma equipe no campeonato. Nenhum outra equipe tinha feito um jogo com tanta eficiência e realismo como a gente fez. Nem nos clássicos. Foi uma ótima partida da nossa equipe”, encerrou o treinador.

Veja ainda: Sombra e água são mais disputadas que faixas no Engenhão

O Fluminense já volta a campo na próxima quarta-feira, às 17h, contra o Resende, em Volta Redonda. Para a partida, o técnico Abel Braga deve poupar alguns titulares, já pensando na partida contra o Boca Juniors, no dia sete de março, pela segunda rodada da Copa Libertadores

Ajude a aumentar a torcida virtual do Fluminense

 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG