Tamanho do texto

Treinador do Fluminense lembra da derrota para o Bahia e diz que nem sempre o favoritismo prevalece

Se na teoria enfrentar o último colocado de uma competição é sempre ótimo negócio, na prática nem sempre é assim. É com esse pensamento que o técnico Abel Braga está encarando o confronto contra o Avaí , domingo, às 16h, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, pela sexta rodada do Brasileirão. Em busca de sua primeira vitória no comando do Fluminense , o treinador prega respeito ao adversário e lembrou de uma derrota bem recente para provar que nem sempre o favoritismo fora de campo vale de alguma coisa.

“O fato do Avaí ser o lanterna não significa nada. O Bahia era um dos últimos colocados na semana passada e veio aqui no Rio e nos derrotou. O fato deles estarem na última colocação e terem sido goleados pelo Palmeiras na última rodada só aumenta nossa dificuldade”, explicou Abel.

Siga o iG Fluminense no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Somado a tudo isso, o treinador do Fluminense lembrou ainda que a chegada de um novo comandante sempre serve como uma motivação a mais.

“Eles têm quatro, cinco jogadores de muito bom nível e estão motivados com a chegada do Gallo . Assim como eu aqui, ele teve mais uma semana de trabalho para conhecer melhor o grupo e com certeza o Avaí será muito mais perigoso”, alerta o treinador do Fluminense.

Se a primeira vitória vai sair neste domingo ou não, Abel ainda não sabe. Porém, o treinador aparentou uma fisionomia mais serena e animada durante a entrevista coletiva de sexta-feira e prometeu um Fluminense muito mais competitivo.

“Estou extremamente feliz com o trabalho realizado durante a semana. Eu não sei se vamos vencer ou não, mas posso garantir que vocês vão ver um time mais dinâmico, mais criativo e criando chances de gols, o que não vinha acontecendo nos últimos jogos”, afirmou Abel.

“Entre para a Torcida Virtual do Fluminense e convide seus amigos”

Para deixar o Fluminense mais ousado, o treinador não só alterou o esquema, como mudou as peças da equipe. Se diante do Bahia o time entrou com dois atacantes, contra o Avaí o treinador vai testar o meio-campo com cinco jogadores e deixar apenas Rafael Moura como referência no ataque. No lugar de Ciro , que fez dupla com Fred na última partida, entra Marquinho .

Mais importante do que a mudança tática, Abel Braga notou uma mudança de comportamento de seus jogadores.

“Eu sentia que os jogadores queriam fazer as coisas em campo e não conseguiam. Agora parece que as coisas estão começando a fluir. Eles achavam que só ter um bom elenco e ter o rótulo de time de guerreiros resolvia e não resolve”, disse Abel.

A outra mudança na equipe será a volta de Diguinho no lugar de Valencia . Poupado do treino de sexta-feira com dores na coxa direita , o apoiador treinou neste sábado, em Florianópolis, e confirmou sua escalação ao lado de Edinho .

FICHA TÉCNICA – AVAÍ x FLUMINENSE

Local : Ressacada (Florianópolis/SC)
Data : 26 de junho de 2011, domingo
Horário : 16h (de Brasília)
Árbitro : Luís Flávio de Oliveira (FIFA)
Assistentes : Hernan Brumel Vani (SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)

AVAÍ : Aleks; George Lucas, Cássio, Bruno e Julinho; Acleisson, Marcinho Guerreiro e Marquinhos Gabriel; Pedro Ken, William e Robinho. Técnico : Alexandre Gallo

FLUMINENSE : Diego Cavalieri; Mariano, Gum, Márcio Rosário e Carlinhos; Edinho, Diguinho, Souza, Marquinho e Conca; Rafael Moura. Técnico : Abel Braga

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.