Treinador do Fluminense, no entanto, pode escalar a dupla para pegar o Vasco, no próximo domingo

nullApesar da excelente atuação de Rafael Moura contra o Figueirense , o técnico Abel Braga não confirmou se pretende manter o atacante na equipe titular. Como a volta de Fred é dada como certa pelo departamento médico, o treinador terá que decidir até sábado se mantém Rafael Sobis como um atacante de lado ao lado do capitão do Fluminense ou se opta por dois homens de referência dentro da área.

Independentemente de qual seja sua decisão, Abel Braga mostrou alegria pelo bom momento vivido por Rafael Moura e disse que qualquer treinador quer ter esse tipo de dor de cabeça.

Entre para a Torcida Virtual do Fluminense e convide seus amigos

“Ainda não sei o que vou fazer. O futebol não é uma ciência exata e nada pode ser descartado. Fiquei feliz pelo Moura, que hoje (quarta) foi o capitão da equipe. Tivemos muitas dificuldades pela qualidade do adversário. Mas acho que foi uma atuação convincente porque nós fomos objetivos. Problema bom todo treinador quer ter”, afirmou o treinador.

Além da Rafael Moura, Valencia e o argentino Lanzini, o estreante do dia e um dos melhores em campo, também foram elogiados pelo comandante tricolor.

“Eu gosto de jogar apenas com um volante e três meias. Mas o time não estava jogando bem e o esquema não estava dando certo, por isso resolvi mudar e escalar o Valencia no lugar do Bob. Acho que deu certo e jogamos um pouco mais protegido na saída de bola. Já o Lanzini é um pouco mais agudo do que o Souza e acho que e teve uma ótima participação. É um jogador mais leve e que cai pelos lados do campo”, explicou.

Veja também: Rafael Moura quer ser uma dor de cabeça para Abel Braga

Sobre o fato de o Fluminense ter voltado do intervalo muito melhor do que no primeiro tempo, como já havia acontecido diante do Internacional, o treinador foi direto ao ponto.

“Pode ser coincidência, mas isso prova que a equipe fisicamente está muito bem. Apesar dos problemas médicos, tem um pessoal que tem mantido uma sequência boa e está inteiro. Agora vai começar uma sequência pesada de jogos duas vezes por semana e isso vai ser importante”, afirmou.

Siga o Twitter do iG Fluminense e receba notícias do time em tempo real

Abel sabe que a partida contra o Vasco será outra pedreira, mas o treinador atacou de matemático e disse que uma vitória domingo está dentro do planejamento traçado pela comissão técnica.

“Eu disse antes do jogo contra o América-MG que se nós vencermos duas vitórias a cada três partidas, teremos um aproveitamento de 66% de aproveitamento e vamos brigar até o final por uma vaga na Libertadores. Como perdemos para o Grêmio e vencemos hoje, temos que passar pelo Vasco para alcançarmos essa meta”, disse.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.