Treinador do Flu afirma que clube está de olhos em atletas das Séries A e B que não fizeram sete jogos

Nelson Perez/FluminenseF.C.
Abel aprovou as chegadas de Lanzini (à esq), Sobis e Martinuccio
Apesar de um início irregular no comando técnico do Fluminense , com duas vitórias e quatro derrotas, Abel Braga segue tranquilo e aposta na recuperação da equipe. Principalmente depois das chegadas dos meias argentinos Alejandro Martinuccio, ex-Peñarol, e Manuel Lanzini, ex-River Plate, e do atacante Rafael Sobis , com quem o treinador já havia trabalhado no Internacional e no Al-Jazira, dos Emirados Árabes.

Siga o iG Fluminense no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Satisfeito com os novos reforços, apresentados quinta-feira nas Laranjeiras, o treinador afirmou que sempre acreditou na reposição de seu elenco, mesmo após a venda do argentino e ídolo Dario Conca para o futebol da China .

“Eu sabia do esforço da diretoria e da nossa patrocinadora na busca por reforços. Tínhamos um bom plantel, que foi reduzido. Sabíamos que tínhamos algumas necessidades”, disse Abelão.

Outro motivo que deixou o treinador confiante foi a permanência de Marquinho , que recebeu uma proposta do Grêmio para deixar às Laranjeiras antes do jogo contra o Coritiba . Após uma semana de suspense e negociações, o apoiador, que afirmou jamais ter pensado em deixar o clube, renovou contrato até dezembro de 2013 e está confirmado para enfrentar o Palmeiras , domingo.

“Entre para a Torcida Virtual do Fluminense e convide seus amigos”

Apesar da permanência de Marquinho e da chegada dos três reforços, Abel deixou claro que o elenco ainda não está fechado e outras novidades podem pintar nas Laranjeiras.

“Não estamos fechados. Ainda há jogadores de qualidade na série A que não completaram sete jogos e estamos atentos. Também estamos observando nomes na Série B, inclusive neste fim de semana. Temos uma lista de atletas que estão sendo observados. Se acrescentar em qualidade, buscaremos mais opções sim”, revelou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.