Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Abel diz que está sofrendo e que não se sente refém de ninguém

Chateado com a irregularidade, técnico ficou abismado com a recusa de cinco colegas para treinar o Flu

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

Não é só o torcedor do Fluminense que está chateado com a incômoda 11ª colocação do clube no Brasileirão. Comandante do grupo há quase três meses, Abel Braga não escondeu sua insatisfação com a situação do atual campeão brasileiro. Em meio à emoção pelo drama vivido com o amigo Ricardo Gomes, internado em estado grave no Rio de Janeiro, o treinador tricolor desabafou após o treino desta segunda-feira, nas Laranjeiras.

Entre para a Torcida Virtual do Fluminense e convide seus amigos

“O momento não é bom. Quando o Fluminense me procurou, eu estava nos Emirados Árabes e disse que ia meu cumprir meu contrato lá até o final. Falei para a diretoria que eles tinham o direito de romper com a palavra pela exigência por um novo técnico, pelo momento do time e pela pressão por resultados. Mas fiquei surpreso quando os próprios dirigentes me disseram que cinco treinadores tinham recusado dirigir o clube antes de me procurarem. Fiquei abismado. Como um técnico pode dizer não ao Fluminense? Eu não consegui admitir isso”, explicou Abel.

Incomodado com a irregularidade do Fluminense na competição, o treinador reconhece que assim como os torcedores também está sofrendo e afirmou que não se sente refém de clube nenhum.

Siga o iG Fluminense no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

“Perdi minhas férias, assumi o time e estou sofrendo. Mas assim como um clube aguarda por resultados até um determinado momento, eu também vou sofrer e deixar de ser feliz até um determinado ponto. Mas não sou refém de ninguém”, disse Abel.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

Desde o dia 8 de maio no comando do Fluminense, Abel dirigiu o time tricolor em 16 das 19 partidas do primeiro turno. Foram seis vitórias, um empate e nove derrotas. Com 25 pontos na nona colocação a equipe tentará a reabilitação diante do São Paulo, quarta-feira, às 21h50, no Morumbi.

 

Leia tudo sobre: Brasileirão 2011FluminenseAbel

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG