Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Abel diz que aceitaria assinar um pré-contrato com o Fluminense

Técnico do Al Jazira só poderia assumir o time em maio e admite que negócio não é o ideal para o clube

iG, Rio de Janeiro |

Um dos preferidos para substituir Muricy Ramalho no comando do Fluminense, Abel Braga já disse mais de uma vez que adoraria voltar às Laranjeiras. No entanto, como seu contrato com o Al Jazira, dos Emirados Árabes, só termina em maio, ele mesmo havia dito que o clube deveria procurar um treinador que pudesse assumir a equipe imediatamente. Mas nesta sexta-feira, pelo visto, Abelão mudou de ideia. Em entrevista à Radio Globo, o treinador afirmou que se fosse procurado aceitaria assinar um pré-contrato com o Tricolor.

“Se o Fluminense quiser, já está assinado”, disse o treinador, deixando claro que só poderia assumir o cargo depois do dia 15 de maio.

Mas isso se sua equipe confirmar o favoritismo e conquistar o título por antecipação, o que deve realmente acontecer. Com nove rodadas para o fim do campeonato local, o Al Jazira lidera com sete pontos de vantagem para o segundo colocado.

Caso acertasse com o treinador, o Fluminense ficaria sem o técnico até a terceira rodada do Campeonato Brasileiro e a segunda partida da semifinal da Libertadores, caso ainda esteja disputando a competição.

Mas por ter sido criado nas Laranjeiras, Abel Braga foi muito sincero quando perguntado se ele o contrataria nessas circunstâncias caso fosse o presidente do Fluminense.

“Não. Com certeza essa não é a melhor opção para o Fluminense no momento. Até porque o time ficaria sem técnico por mais quase dois meses”, afirmou.

A única coisa que parece certa é que Abelão dificilmente permanecerá nos Emirados Árabes após o término de seu compromisso.

“A chance de eu continuar por aqui é de um por cento”, disse o treinador.
 

Leia tudo sobre: Campeonato Carioca 2011Fluminense

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG