Atividade será realizada na escola de Educação Física do Exército, na Urca, sem a presença da imprensa

Caio Amy/Photocamera
Abel Braga reclamou por diversas vezes da falta de privacidade nas Laranjeiras
Um dia após ser punido pelo Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com quatro jogos de suspensão, o técnico Abel Braga decidiu fechar o treino do Fluminense . A atividade desta quarta-feira, transferida das Laranjeiras para a escola de Educação Física do Exército (EsEFEx), na Urca, não poderá ser acompanhada pelos jornalistas que fazem a cobertura diária do clube, tampouco pelos torcedores.

Veja a classificação atualizada do Brasileirão

Através de um comunicado oficial, o Fluminense informou que os jornalistas só poderão acompanhar a entrevista coletiva de imprensa dos jogadores, que será realizada, às 18h, na sede das Laranjeiras.

Embora no Dia da Criança Abel Braga tenha liberado o acesso de centenas de pequenos tricolores ao campo de treinamento para pedir autógrafos e tirar fotos ao lado de seus ídolos, o treinador do Fluminense reclamou por diversas vezes da falta de privacidade durante os treinos nas Laranjeiras.

Leia também: Rafael Moura pega dois jogos e não enfrenta o Atlético-MG

Essa é a segunda vez que o treinador tricolor fecha um treino ou parte dele. A única vez que isso ocorreu desde que Abel retornou ao clube foi na véspera da partida contra o Santos, em Volta Redonda, quando os jornalistas não puderam acompanhar os 30 minutos iniciais do treinamento.

Nas atividades realizadas nas Laranjeiras, o procedimento é diferente. Os jornalistas só são impedidos de filmarem os treinos de jogadas de bola parada.

Entre na torcida virtual do Fluminense e opine sobre a decisão de Abel Braga

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.