Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Abel Braga faz mistério sobre escalação contra o Nova Iguaçu

Treinador disse que vários jogadores estão com problemas físicos. Apenas a zaga foi confirmada

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

O resultado negativo diante do Resende parece ter alterado os planos do técnico Abel Braga. Após a conquista da Taça Guanabara, no último domingo, o treinador do Fluminense disse que deveria poupar os titulares nas duas primeiras partidas da Taça Rio, visando o jogo contra o Boca Juniors, na próxima quarta-feira. Porém, agora o discurso já é de indefinição.

"Não posso falar (a escalação). Hoje todos participaram, mas ainda existem problemas clínicos, tanto em alguns jogadores que jogaram ontem (quarta-feira), quanto alguns que são considerados titulares. Já tinha uma ideia formada na cabeça, mas surgiram novos problemas. Quem entrar em campo sábado vai ter que entrar para ganhar", disse o treinador do Fluminense.

Os únicos confirmados pelo treinador foram os zagueiros Digão e Anderson, que também devem formar o setor contra o Boca Juniors, pela suspensão de Leandro Euzébio. O lateral Bruno, com uma unha inflamada, o meia Deco, com dores no estômago, e o atacante Wellington Nem, com dores no tornozelo, são dúvidas na cabeça do treinador.

"Também não vamos sacrificar ninguém. Vamos tentar não correr riscos com alguns jogadores que não estejam 100% fisicamente. Não vale a pena. Quarta-feira está ai e não é um jogo qualquer, agente vai ter que ter presença, competitividade muito grande. Só se consegue algo na Bombonera se levar de igual para igual. Agora, a gente não vai pagar um preço alto, porque não vale a pena", destacou Abel Braga.

Com isso, o treinador deve mesclar alguns titulares, como o lateral-esquerdo Carlinhos e o meia Thiago Neves, com alguns reservas, como o atacante Rafael Sóbis. O Fluminense enfrenta o Nova Iguaçu neste sábado, às 18h30, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. O time das Laranjeiras ainda não somou pontos na Taça Rio.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG