Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Abel Braga confirma que será o técnico do Fluminense

Em entrevista ao Arena Sportv, treinador revelou acerto com o clube e presidente Peter Siemsen confirma

iG, Rio de Janeiro |

Acabou o mistério. O que todos já especulavam se confirmou nesta quarta-feira e Abel Braga será mesmo o técnico do Fluminense a partir do dia 30 de maio, quando termina seu contrato com o Al Jazira, dos Emirados Árabes. Depois de muitos treinadores dizerem não, incluído Adilson Batista, Cuca e Gilson Kleina, Abel Braga disse sim ao clube que o revelou como jogador durante entrevista ao programa Arena Sportv. Convidado do programa, o presidente Peter Siemsen confirmou o compromisso verbal com o treinador.

Por telefone, Abel Braga não deu uma data e nem maiores detalhes de quando se apresentaria, mas confirmou o acerto por telefone com o presidente Peter Siemsen e o presidente da patrocinadora, Celso Barros.

"Continua tudo da maneira que estava. Tenho um compromisso verbal com o Celso (Barros, presidente do patrocinador) e com o presidente do clube. Não fugirei jamais desse compromisso. Quem pode fugir desse compromisso é o clube. O que falei com o presidente uma vez e com o Celso é que está fechado. Vou voltar para o Rio de Janeiro depois de cinco anos e meio. Voltar para um clube onde comecei, onde me tornei homem, onde na última passagem conquistei o estadual. Se não houver nenhum contratempo que impossibilite a minha ida, está fechadodente e só não vou cumprir minha palavra de me apresentar em junho se o Fluminense mudar de ideia”, disse Abel Braga.

Campeão da Libertadores e do Mundial Interclubes com o Internacional, um dos clubes mais bem estruturados dos país, Abel Braga parece não ter ficado preocupado com as recentes críticas que Muricy Ramalho fez a estrutura do clube. Revelado nas Laranjeiras, o futuro técnico do Fluminense preferiu mostrar sua alegria de voltar a trabalhar no Rio de Janeiro.

"Quando joguei no clube, minha chuteira era de couro. Era juvenil, aspirante a profissional. O Flu teve um time que foi a máquina, em que eu só fazia parte e jogava nesse campo. Em 2005, fomos campeões cariocas treinando nesse campo. O Flu foi campeão brasileiro nesse campo. Isso para mim não afeta em nada. Sinceramente. A estrura do clube não é a ideal, mas para mim é absolutamente tranquilo. O Fluminense com esse time não joga para competir, joga para ganhar. Comigo não vai ser diferente", disse Abel, que recebeu as boas vindas do presidente Peter SIemsen pelo telefone.

"É fato. É nossa vontade que o Abel seja o futuro técnico do Fluminense. Está bem encaminhado. Estamos tranquilos. Ele já morava no coração dos tricolores e sempre vai morar. Dentro de um projeto a longo prazo, em que o presidente vai estar totalmente focado em dar infraestrutura ao clube, acho que dois meses não são nada. Temos que fazer isso, segurar firme e esperar o Abel de braços abertos" disse Siemsen.

Enquanto Abel Braga não pode assumir o Fluminense, quem fica no comando do time é Enderson Moreira. Contratado para ser uma espécie de auxiliar permanente do clube, ele vai treinar o time nesta quarta-feira, no duelo decisivo contra o América-MEX, às 21h50 (horário de Brasília).

Leia tudo sobre: FluminensemercadoAbel Braga

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG