Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

ABC arranca empate do Vila Nova e segue invicto

Foi o 4º empate do ABC, que ganhou as outras duas partidas e soma 10 pontos, na 6ª posição. Vila Nova está no 7º posto

Gazeta |

No encerramento da sexta rodada da Série B, o ABC conseguiu salvar sua invencibilidade com um gol aos 47 minutos do segundo tempo: empate por 2 a 2 com o Vila Nova, no estádio Serra Dourada.

Os atacantes Roni e Elionar Bombinha foram os principais nomes do jogo. O experiente Roni marcou os dois gols dos mandantes, enquanto o jovem Bombinha repetiu o feito a favor dos visitantes da noite deste sábado.

Este foi o quarto empate do ABC, que ganhou as outras duas partidas que disputou na Segundona e agora tem dez pontos, ocupando a sexta colocação. Já o Vila Nova está em sétimo, com oito.

No próximo sábado, às 16h20 (de Brasília), o ABC recebe o Náutico. No mesmo dia, mas às 21 horas, o Vila Nova entra em campo para enfrentar o ASA, em Alagoas.

O jogo

O Vila Nova foi ao ataque e já havia assustado o goleiro Wellington duas vezes quando Tiago Garça derrubou Luiz Fernando dentro da área e o árbitro Marcos Mateus Pereira marcou pênalti. Na cobrança, aos 20 minutos da etapa inicial, Roni fez o primeiro.

Os visitantes responderam cinco minutos depois, com o perigoso Elionar Bombinha. Ele recebeu pela esquerda e chutou colocado, levando muito perigo ao arqueiro Michel Alves. Aos 31 minutos, o atacante teve nova oportunidade e desta vez não desperdiçou: ele bateu pênalti sofrido por Renatinho Potiguar e deixou tudo igual.

Não demorou muito para os anfitriões retomarem o domínio do jogo. Aos 34 minutos, Alessandro Lopes tentou cortar um cruzamento e mandou contra o próprio gol, exigindo de Wellington uma boa defesa para salvar o ABC. Aos 39, o goleiro nada pôde fazer para evitar que Roni acertasse seu canto esquerdo após receber bom passe de Luizinho: 2 a 1.

No segundo tempo, o jogo ficou quente. Logo aos seis minutos, Tiago Garça fez boa jogada e bateu com perigo, assustando a torcida goiana. Aos 18, ele voltou a aparecer, mas desta vez de maneira negativa, ao receber o segundo amarelo e ser expulso.

O Vila Nova controlou o jogo, mas não fez muita força para decidir o resultado rapidamente. O castigo veio aos 42 minutos, quando Éder Lima colocou a mão na bola, levou o segundo cartão amarelo e também foi expulso, restabelecendo a igualdade numérica. Na sequência, Jorge Henrique não respeitou a distância determinada na formação da barreira, também foi advertido e foi mais um jogador do Vila a deixar o gramado mais cedo.

O jogo ficou eletrizante. Aos 46 minutos, Luiz Fernando teve a bola do jogo em seus pés, mas acertou o travessão e perdeu a chance de fazer o terceiro do Tigre. Aos 47, Elionar Bombinha não desperdiçou e deixou tudo igual no Serra Doura, para delírio dos poucos torcedores do ABC.

Leia tudo sobre: Vila NovaABCSérie B 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG