Tamanho do texto

Além do Corinthians, time enfrenta Internacional, São Paulo, Palmeiras, Botafogo, Fluminense e Flamengo

A 12 rodadas do fim, o Vasco terá pela frente sete concorrentes diretos na luta pelo Campeonato Brasileiro . O primeiro será logo neste domingo, em São Januário: o Corinthias , vice-líder. O jogo marca o encontro os primeiros colocados (49 pontos contra 47). Na sequência, virão Internacional (7º/40), São Paulo (3º/46), Palmeiras (8º/39) Botafogo (4º/45), Fluminense (5º/41) e Flamengo (6º/41). Nesta reta final de competição, o que seria melhor: evitar os confrontos ou tentar eliminá-los um a um para aumentar a distância?

Siga o Twitter do iG Vasco e receba notícias do time em tempo real

"Agora, não tem mais o como escolher adversário. Cada jogo será uma decisão. São times que também estão lá em cima, mas que nos darão a chance de nos manter na frente e distanciarmos na liderança se os vencermos. É uma resposta difícil, mas já que a tabela nos reserva isso, vamos encarar cada como se fosse uma final", discursa o lateral-esquerdo Márcio Careca .

Relembre o confronto contra estas equipes no primeiro turno

Corinthians 2 x 1 Vasco (06/07) – O jogo marcou a estreia de Juninho Pernambucano. O craque abriu a contagem, cobrando falta, aos 2 minutos. Mas o time paulista, então líder da competição, virou para 2 a 1.
Vasco 2 x 0 Internacional (09/07) – Era a volta de Juninho a São Januário, depois de dez anos O time vinha de derrota para o Corinthians, no Pacaembu e precisava vencer para afastar uma crise que começava a rondar o clube. Com gols de Eder Luis e Dedé, o time fez as pazes com a torcida.

São Paulo 0 x 2 Vasco (31/07) – Em um jogo de poucas oportunidades, o Vasco acabou derrotando os donos da casa no Morumbi. Os gols foram marcados por Eder Luis e Felipe, nas duas raras vezes em que o time carioca arriscou contra a meta de Rogério Ceni.
Vasco 1 x 0 Palmeiras (14/08) – Os dois times se enfrentaram três vezes seguidas em um espaço de duas semanas. Os jogos valeram pela Sul-Americana e pelo Brasileiro. O Vasco levou a melhor nas duas competições: classificou-se na competição continental e no nacional, com gol de Bernardo, venceu por 1 a 0, em São Januário.

Botafogo 4 x 0 Vasco (07/08) – O Vasco vinha de uma invencibilidade de seis partidas e numa tarde em que nada deu certo, acabou sendo goleado por 4 a 0 pelo rival alvinegro. Ricardo Gomes disse, após o clássico, que o jogo seria uma lição. Nada deveria ser repetido dali em diante. Até Diego Souza foi expulso.

Vasco 1 x 1 Fluminense (21/08) – Juninho e Rafael Moura marcaram, um em cada tempo, os gols de um clássico de muito equilíbrio. Tantos em erros quanto em acertos.

Flamengo 0 x 0 Vasco (28/08) – O Clássico dos Milhões foi marcado pelo AVC hemorrágico do técnico Ricardo Gomes . Aos 37 minutos do segundo tempo, o treinador sentiu-se mal e foi levado de ambulância para o posto médico do Engenhão. Examinado, foi encaminhado às pressas para o Hospital Pasteur, no Méier, Zona Norte do Rio, onde foi submetido uma cirurgia de aproximadamente três horas. Três semanas depois, recuperado, recebeu alta . A fonoaudióloga que cuida do técnico diz que sua evolução é surpreendente .

Entre para a Torcida Virtual do Vasco e convide seus amigos

Renato Silva

Poupado do treino na manhã desta quarta-feira, em São Januário, Renato Silva fez apenas reforço muscular. O jogador, vítima de uma forte pancada no joelho direito na vitória de 3 a 0 sobre o Cruzeiro , domingo, foi reavaliado pelos médicos do Vasco. O local apresenta pouco inchaço, o que praticamente confirma a presença do zagueiro contra o Corinthians.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.