Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

50% dos jogos do Cruzeiro na reta final são contra rivais diretos

Das dez partidas que faltam, cinco são contra adversários que também lutam contra o rebaixamento

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

A reta final do Cruzeiro no Brasileirão promete ser de fortes emoções para o torcedor. Na luta contra o rebaixamento, o time mineiro encara muitos adversários diretos que também estão com a corda no pescoço na competição. Dos dez jogos que faltam, cinco são contra times "rebaixáveis". O primeiro duelo é o dessa quarta-feira, contra o Bahia, em Salvador, às 21h50.

Cruzeiro é o 16º colocado no Brasileirão. Veja a classificação completa do torneio

Dos dez jogos que faltam para o Cruzeiro no Brasileirão, o time mineiro enfrenta três desses adversários diretos fora de casa: Bahia, em Salvador, Avaí, em Florianópolis e Ceará em Fortaleza. Na Arena do Jacaré, o time azul encara o Atlético-PR e o Atlético-MG, na última rodada, em um clássico cheio de rivalidade.

Leia também: Futebol mineiro já não vence há um mês no Brasileirão

Para o meia Roger, o Cruzeiro não pode mais pensar em escolher adversários para vencer, já que a situação é crítica na classificação. "São dez jogos, a gente não sabe exatamente os pontos que a gente tem que conquistar. Não podemos escolher: 'Ah, vamos jogar contra os adversários diretos e vencer’. Temos que ir jogo a jogo, e encarar o próximo jogo como o mais importante", avaliou o meia.

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e recebe notícias do seu time em tempo real

Roger acredita que o time tem que conseguir pontos também diante dos times que lutam pelo título. "A partir do momento em que a gente for conseguindo os resultados mais breves, vamos tendo mais condições de ter um final de ano mais tranquilo. Não adianta contra o Bahia a gente jogar e contra o Corinthians achar que não tem. Temos que resolver o nosso problema o mais rápido possível. Resolvendo isso, teremos mais tranquilidade para trabalhar e um fim de ano mais tranquilo", afirmou.

Já o técnico Vágner Mancini prefere encarar os adversários diretos para conquistar seus objetivos. "Acho melhor. Você tem de disputar com quem vai disputar sua vaga. Contra os concorrentes, temos de ter maneira de jogar forte e fazer prevalecver a técnica do Cruzeiro. Não dá para desviar o problema, temos de encarar", analisou o treinador.

Entre para a torcida virtual do Cruzeiro e comente os confrontos diretos contra o rebaixamento

Leia tudo sobre: CruzeiroBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG