Em entrevista ao iG, meia fala dos objetivos no Brasil e desafia Guiñazu para disputa em outro esporte

Dátolo mostra bom futebol e já tem três gols pelo Inter
AE
Dátolo mostra bom futebol e já tem três gols pelo Inter
Uma regra praticamente não é descumprida nos últimos anos de Inter . Jogador argentino vem para fazer sucesso. Jesús Dátolo , contratado no início de 2012 , parece seguir essa lógica. Após sete jogos e três gols marcados, ele já ganhou a simpatia da torcida.

O meia-atacante optou por jogar no Brasil depois de três temporadas em três clubes diferentes na Europa. Dátolo não foi perfeito por lá, mas começa a escrever uma trajetória bonita no Inter. O primeiro jogo e o primeiro gol vieram em um Gre-Nal , exatamente como fez seu compatriota D´Alessandro

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Ele também quer copiar os conterrâneos em outras coincidências. Argentino que joga no Inter vai para a seleção. Foi assim com D´Ale , Guiñazu e Bolatti . Todos já foram convocados. O pensamento de Dátolo vai mais longe: “jogar e ganhar a Copa do Mundo no Brasil”. A primeira etapa a é voltar a ser convocado. Algo que não acontece desde 2009.

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

Morando há menos de dois meses na capital gaúcha, Dátolo optou pela tranquilidade. Vive em um condomínio na zona sul da cidade, longe da badalação, do trânsito, onde tem como vizinhos alguns outros jogadores da dupla Gre-Nal. São cerca de 20 quilômetros até o Beira-Rio. Nas horas de folga, o hobby é seguir praticando esportes. O tênis e o golfe são seus preferidos. Ele até espera um desafio com o amigo Guiñazu , outro que se diz jogador de tênis.

Dátolo concedeu entrevista ao iG
Rafael Antoniutti/Trato.Txt
Dátolo concedeu entrevista ao iG
No Beira-Rio, antes de mais um treino, o jogador recebeu o iG para uma conversa. Confira como está sendo a adaptação do argentino e quais são os sonhos de Jesús Dátolo, nome escolhido pela mãe para batizar um de seus 10 filhos após ver um filme religioso: 

iG: Porque você veio jogar no Brasil?
Dátolo:
Porque o futebol brasileiro está crescendo, foi uma grande investida vir jogar aqui. Estou contente.

iG: Sua passagem inicial tem sido marcada por gols. Esperava um começo assim?

Dátolo: Sempre se sonha em começar assim. Tive a sorte, estou contente, tomara que possa fazer muito mais gols.

Momentos de Dátolo:  Torcida fez festa no aeroporto para receber o argentino

iG:Você estreou e fez gol logo em um Gre-Nal. Qual a primeira impressão sobre o clássico?
Dátolo:
Muito bonito, não sabia que se vivia tanto o futebol aqui em Porto Alegre, não imaginava que as duas torcidas fossem tão grandes. Surpreso, mas encantado.

iG: Já tinha feito gols em outros clássicos?
Dátolo:
Sim, marquei dois gols pelo Boca contra o River. Na Europa não marquei nos clássicos. Vim fazer minha história, vou tentar fazer o melhor para o clube e para mim.

iG: O que está achando de Porto Alegre?
Dátolo:
Ainda preciso da ajuda dos companheiros para me achar. A cidade é muito bonita, estou gostando, é tranquila. Tomara que eu possa seguir por aqui.

Momentos de Dátolo: Artilharia precoce surpreendeu o jogador

iG: O que gosta de fazer além de jogar futebol?
Dátolo:
Meu hobby é jogar tênis, golfe. Meu condomínio tem as duas coisas para fazer. Quando tem tempo livre, procuro fazer isso. Guiñazu me disse que joga bem tênis. Vamos ver se podemos marcar um jogo.

Dátolo foi campeão da Libertadores 2007, quando o Boca derrotou o Grêmio
Gazeta Press
Dátolo foi campeão da Libertadores 2007, quando o Boca derrotou o Grêmio

iG: Porto Alegre traz boas recordações pra você. Aqui você foi campeão da Libertadores em 2007 (contra o Grêmio).
Dátolo:
Sim, tive a sorte de ganhar a Libertadores aqui no Brasil. E foi justo contra o Grêmio, uma casualidade.

Momentos de Dátolo: Meia ganhou a missão de substituir D´Alessandro e foi bem

iG: D´Alessandro voltou a ser chamado pela seleção argentina quando veio para o Inter. O mesmo aconteceu com o Bolatti. Guiñazu também foi chamado jogando aqui no Brasil. Quem sabe essa coincidência também pega você?
Dátolo:
Claro. A seleção argentina é o sonho de todo jogador. Tem que se preparar para isso, é o que vou fazer. Sonho em jogar o Mundial aqui no Brasil.

Em uma das poucas convocações para a seleção, Dátolo perdeu para o Brasil nas eliminatórias de 2009
Gazeta Press
Em uma das poucas convocações para a seleção, Dátolo perdeu para o Brasil nas eliminatórias de 2009
iG: Messi está jogando muito bem. Se continuar assim a Argentina entra com muita força em 2014. Já pensou em ganhar a Copa dentro do Brasil?
Dátolo:
Sim, claro. Não tem maior motivação que essa, ainda mais com o Lionel (Messi) no time. Tomara que me deem uma chance de jogar na seleção.

iG: Seu ex-time, o Boca Juniors, está de volta a Libertadores. É um dos grandes adversários? Como vê as chances do Inter?
Dátolo:
Claro, mas estão em outro grupo. Então temos que tratar de pensar em nossos atuais adversários. Boca é sempre um rival para se respeitar, sabemos o que significa o Boca na América do Sul, mas vamos pensar antes nessa fase para depois chegar o mais longe possível.

iG: Você teve uma passagem curta pela Europa e mudou duas vezes de time. Como avalia seu trabalho lá?
Dátolo:
Me serviu muito pessoalmente. Não fui nem muito bem e nem muito mal. Fui normal. Foram três anos, é difícil conseguir jogar em três clubes lá. Eu consegui. Joguei a Champions (Liga dos Campeões), joguei no Napoli, na seleção. Foi positivo para minha carreira. Aprendi a ter mais calma para definir o jogo, aprendi novas culturas, também se cresce na cultura.

iG: Ainda ficou a ideia de voltar para a Europa? Quais seus planos?
Dátolo:
Primeiro pensar no Inter. Quero que o clube siga crescendo, tomara que eu ajude. Quero jogar e ser feliz aqui.

iG: Quem são seus ídolos e que te inspiraram a jogar futebol?
Dátolo:
Cresci vendo Sergio Berti quando jogava no River Plate, Kily González, Ryan Giggs. Foram os que me motivaram para jogar futebol. Gosto do funcionamento de jogo que o Kily González dava ao time.

Entre para a Torcida Virtual do Inter e convide seus amigos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.