Tamanho do texto

Evento de lançamento do Sindicato dos Atletas de Futebol do Município de São Paulo foi realizado na segunda-feira a noite. Presidente Washington disse que grupo se inspira na militância de Lugano no futebol uruguaio

Nomes como Lugano, Fernando Prass e César Sampaio estiveram no lançamento do Sindicato dos Atletas de Futebol do Município de São Paulo
Divulgação
Nomes como Lugano, Fernando Prass e César Sampaio estiveram no lançamento do Sindicato dos Atletas de Futebol do Município de São Paulo

Com a participação de grandes nomes do futebol brasileiro, foi fundado na noite da última segunda-feira (10), em São Paulo, o SIAFMSP - Sindicato dos Atletas de Futebol do Município de São Paulo.

Leia também: Decisão sobre jogo entre Girona e Barcelona nos EUA ficará com jogadores

O sindicato  será presidido pelo ex-atacante Washington Mascarenhas e contará com nomes de peso na diretoria como Alex, César Sampaio, Wilson Gottardo, William Machado, Fernando Prass, Paulo André e Ricardo Berna. 

"Nosso sindicato não foi criado para concorrer com nenhuma outra entidade, mas sim para atender a categoria no município de São Paulo, que queria e precisava de um sindicato específico, mais presente e preocupado com os anseios dos atletas de futebol", discursou o presidente Washington.

A criação de um sindicato na cidade de São Paulo não é propriamente uma novidade. Em 1947 foi criado na cidade o Sindicato de Atletas Profissionais do Estado de São Paulo . Atuante até os dias atuais é presidido por Rinaldo José Martorelli desde 1993, com quem alguns desses jogadores do SIAFMSP têm divergências de opinião.

Leia também: Gamarra diz que jogar no Corinthians é mais fácil que no Flamengo

Dentre outros vários nomes de peso, quem marcou presença na cerimônia foi o uruguaio Diego Lugano, dirigente no São Paulo, que nos últimos anos se notabilizou ao lado de outros ídolos uruguaios por lutar contra o atual modelo de gestão da Associação Uruguai de Futebol (AUF). Washington admite que a presença do ex-capitão são-paulino serve como exemplo e inspira o sindicato. 

"Sem dúvidas a presença do Lugano engrandece a cerimônia e nos dá ainda mais força para buscar os nossos objetivos com muita justiça e transparência", completou o presidente.

Veja abaixo a diretoria completa do SIAFMSP:

  • Presidente: Washington 
  • Vice-Presidente: William Machado
  • Tesoureiro: César Sampaio
  • Secretário-Geral: Ricardo Berna
  • Conselho Fiscal: Paulo André, Alex e Wilson Gotardo
  • Delegado representante: Fernando Prass

Outro movimento movido por atletas e que ficou conhecido nacionalmente foi o Bom Senso FC . Criado em 2013 por 75 jogadores de clubes da Série A e B do Campeonato Brasileiro, tinha como objetivo cobrar melhores condições no futebol brasileiro. Seu lema era “Por um futebol melhor para quem joga, para quem torce, para quem transmite, para quem patrocina, para quem apita”.

Ação do Bom Senso FC em 2016. Integrantes do coletivo hoje fazem parte do recém-criado sindicato em São Paulo
Reprodução
Ação do Bom Senso FC em 2016. Integrantes do coletivo hoje fazem parte do recém-criado sindicato em São Paulo

Apesar do grande impacto, o movimento do Bom Senso FC terminou três anos após sua criação por falta de mão de obra e recursos, segundo revelou seu diretor-executivo na época, Enrico Ambrogini. Em 2016, o ex-goleiro Felipe Augusto Leite, tentou reaproximou as lideranças do coletivo com o ‘Clube dos Capitães’, grupo no WhatsApp.

Leia também: Sócios do Santos são bombardeados com mensagens sobre impeachment

Membros do recém-criado Sindicato dos Atletas de Futebol do Município de São Paulo, também participaram do grupo de Leite como o goleiro Fernando Prass, do Palmeiras, Lugano (São Paulo), Rodriguinho e Walter (Corinthians) e até Ricardo Oliveira, quando atuava pelo Santos. Mas o novo grupo ficou apenas em conversas no aplicativo.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.