Tamanho do texto

Em parceria com a empresa SportyCo o sistema Avaí FC Token será lançado em outubro e ajudará o clube a investir na execução de projetos internos

O Avaí FC será a primeira instituição a ter criptomoeda própria
Reprodução/ Site Avaí FC
O Avaí FC será a primeira instituição a ter criptomoeda própria

Em coletiva no estádio da Ressacada, o Avaí FC, time de Santa Catarina , anunciou uma parceria com a SportyCo e a Blackbridge Sports e será a primeira instituição esportiva no futebol a capitar recursos financeiros em todo o mundo através do chamado ICO (Initial Coin Offerings). Ou seja, o clube terá sua moeda digital própria.

Leia também: Clube italiano da Série C é o primeiro a ser comprado com bitcoin

O ‘Token de Utilidade’ chamará Avaí FC Token e foi projetado especificamente para o clube. Porém, os torcedores do tubarão e fãs ao redor do mundo poderão fazer parte da visão do aplicativo. Dessa forma, o Avaí quer se estabelecer como o clube mais interativo do segmento.

Como funciona essa tecnologia? Nos ICO’s as empresas fazem a oferta pública de suas próprias e recém-criadas criptomoedas em troca de valor financeiro cotado e pagos utilizando Bitcoin ou, como no caso do Avaí, em Ether/Ethereum. Dessa forma, a empresa consegue levantar fundos ao redor do mundo para viabilizar a execução de diversos projetos.

No caso do Avaí FC Token, o torcedor poderá emitir tokens de utilidade, que funcionam da mesma maneiras que cupons de desconto ou vouchers de valor estipulado, e negociar livremente com outros interessados. As criptomoedas podem se valorizar com o tempo.

Leia também: Mogi das Cruzes/Helbor vai levar realidade virtual para as quadras

“Estamos ansiosos para trabalhar com o Avaí FC e ver como eles pretendem lançar a sua nova moeda digital com a plataforma da SportyCo que sempre esteve liderando a inovação no mundo do financiamento para os esportes e esportistas. Com esta oferta estamos abrindo um novo capítulo no futebol e indústria do esporte em geral”, disse o CO-Fundador da SportyCo, Marko Filej.

Segundo o presidente do Avaí, Francisco José Battistotti, criar uma moeda digital própria do clube faz parte de um plano de consolidação do Avaí no Campeonato Brasileiro da Série A e um projeto de chegar à Copa Libertadores.

“Nós estamos almejando ativamente alcançar uma base de fãs de futebol global. Estamos muito felizes em fazê-lo em parceria com a SportyCo, abrindo caminho para outros clubes em todo o mundo visando proporcionar o financiamento para as atividades esportivas nesta nova maneira”, comentou.

Leia também: UEFA é autorizada a criar novo torneio de clubes a partir de 2021

O início para a venda oficial das moedas digitais do Avaí está marcado para o dia 03 de setembro, as 12hrs e irá até o dia 03 de novembro de 2018, também as 12hrs. Será um período de um mês para que os torcedores consigam adquirir seu Avaí Token.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.