Tamanho do texto

Peruano de 34 anos assinou contrato válido por três temporadas com o clube gaúcho; no Flamengo, Guerrero marcou 43 gols em mais de 100 jogos

A novela acabou e Paolo Guerrero é jogador do Internacional . A contratação do peruano foi oficializada pelo clube gaúcho neste domingo, que anunciou vínculo com o atacante pelas próximas três temporadas.

Leia também: Ronaldo Fenômeno é internado às pressas com suspeita de pneumonia

Vice-presidente de futebol do Internacional Roberto Melo, atacante Paolo Guerrero e presidente Marcelo Medeiros
Divulgação/Internacional
Vice-presidente de futebol do Internacional Roberto Melo, atacante Paolo Guerrero e presidente Marcelo Medeiros

O Internacional revelou também que Guerrero irá desembarcar em Porto Alegre na próxima quarta-feira e a apresentação oficial acontecerá no mesmo dia. As negociações entre a direção do clube gaúcho, representantes do jogador e do grupo DIS começaram na última quarta-feira.

No anúncio oficial, o Inter ressaltou os números do atacante, que soma mais de 200 gols na carreira. No Flamengo, seu último time, Paolo marcou 43 gols em mais de 100 jogos disputados e conquistou o Carioca de 2017.

No fim do ano passado, Guerrero havia sido suspenso pelo Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) por 14 meses, após testar positivo em exame antidoping. Ele foi  liberado por conta de um efeito suspensivo e conseguiu atuar na Copa do Mundo pela seleção peruana.

Carreira de Guerrero

Paolo Guerrero marcou pelo Peru contra Austrália na última Copa do Mundo
FIFA/ Divulgação
Paolo Guerrero marcou pelo Peru contra Austrália na última Copa do Mundo

Formado pelo Alianza Lima, o atacante se transferiu aos 18 anos para o futebol europeu. Guerrero ficou 10 anos na Alemanha, vestiu as camisas do Bayern de Munique e do Hamburgo, foi bicampeão alemão e bicampeão da Copa da Alemanha. Em 2012, se transferiu para o futebol brasileiro.

No Corinthians, Guerrero foi o autor do gol na semifinal e autor do gol na final na campanha em que o clube paulista se sagrou campeão do Mundial de Clubes da Fifa em 2012. Ele ainda fez parte da seleção do Campeonato Brasileiro em 2014 e no ano seguinte chegou ao topo do ranking dos artilheiros estrangeiros na história do Corinthians.

Leia também: Piqué anuncia oficialmente aposentadoria da seleção espanhola: "Focar no Barça"

Se transferiu para o Flamengo em 2015 e durante sua trajetória chegou ao posto de sexto maior artilheiro estrangeiro do Clube. Guerrero liderou o Flamengo na conquista do Campeonato Carioca 2017, sendo artilheiro e craque do Campeonato. No final do mesmo ano, foi premiado pelo Jornal uruguaio El País como segundo melhor jogador da América e integrou a seleção dos 11 melhores jogadores do continente.

    Leia tudo sobre: futebol