O diretor de marketing, Luis Paulo Rosemberg, falou que vê com bons olhos mudar o valor dos ingressos de acordo com a importância do jogo

Os torcedores do Corinthians que não costumam frequentar a Arena devido aos preços elevados dos ingressos , podem comemorar. Nesta terça-feira, o diretor de marketing, Luis Paulo Rosemberg, revelou que o time paulista está querendo mudar a sua política de precificação das entradas.

Leia também: Convocações de Cássio e Fagner podem render quase R$ 3 milhões ao Corinthians

Torcida do Corinthians
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Torcida do Corinthians

Segundo o cartola do Corinthians , os preços dos ingressos será definido pela importância da partida segundo estudos do clube. Se o jogo for contra um time da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro em um horário que normalmente afaste o público, os bilhetes serão muito mais baratos do que uma partida da Libertadores, por exemplo.

"Não tenho problema nenhum em um jogo em que as estatísticas apontem como desinteressante colocar o preço a R$ 5. Nós vamos buscar essa metodologia, estamos trabalhando com a Federal de Pernambuco (UFPE), que tem uma grande tradição em redes neurais, para chegar a esse projeto", revelou o cartola.

Leia também: Tite, Jô, Lodeiro, Gustagol... Corinthians ainda deve R$ 55,8 milhões para eles

Roseberg ainda revelou que a prioridade do clube é encher o estádio em todas as partidas, deixando o lucro com os ingressos em segundo lugar na lista de prioridade. A ideia do dirigente é ter apenas cinco a sete mil bilhetes dispiníveis no dia das partidas.

Além disso, a tendência é atrair os apoiadores que não fazem parte do plano Fiel Torcedor e oferecer um preço acessível também para eles.

"O Corinthians precisa recobrar essa flexibilidade, de maneira mais contemporânea possível. Nada disso de vender dez jogos antecipados, pois assim perco o horizonte, a visibilidade. A nova política vai ser: ter o preço fixado de acordo com a importância do jogo, tendo o objetivo de chegar a 30 ou 40 mil torcedores em todos os jogos. Discriminação de preço, tenho que reconhecer que o público da área Oeste é quem fica com o ônus da geração da receita. E meu público da área Norte é o gerador da receita, áudio, vídeo, feliz e cantando", disse o dirigente.

Leia também: Gafe! Colo-Colo confunde o símbolo do Corinthians ao anunciar duelo nas redes

Em 2018, a média de público do Corinthians é de 30.807 e o preço médio dos ingressos é de 54 reais por entrada. Com a diminuição dos valores, a tendência é que a torcida compareça cada vez mais a Arena.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.