O zagueiro Estêvão Alberto Gino, de 19 anos, estava próximo ao rio Zambezes, em Moçambique, quando foi atacado por um crocodilo

Estêvão Alberto Gino, jogador do Atlético Mineiro de Tete
Reprodução/ Facebook
Estêvão Alberto Gino, jogador do Atlético Mineiro de Tete

Um jogador de futebol de Moçambique morreu na semana passada depois de ser atacado por um crocodilo. Aos 19 anos, Estêvão Alberto Gino, treinava perto do rio Zambeze, na cidade de Tete quando foi surpreendido pelo animal.

LEIA TAMBÉM: Jogador agradece esposa e namorada em entrevista. E depois percebe a gafe

Gino, como era chamado pelos colegas, era jogador do Atlético Mineiro de Tete, clube da segunda divisão do país. De acordo com o treinador Eduardo Carvalho, o atleta tinha feito exercícios e, depois de correr, colocou as mãos na água para se lavar.

Eduardo Carvalho afirma ainda que os moradores da região não possuem água corrente, e por isso, têm o costume de usar os rios. O treinador conta que ataques de crocodilos são frequentes no rio Zambeze e que outras duas pessoas presenciaram a cena de Estêvão Gino, mas nada puderam fazer.

De acordo com as testemunhas, o animal que atacou o zagueiro tinha cerca de 5 metros de comprimento. Leonel Muchina, porta-voz da polícia local, afirmou que as buscas pelo corpo do ainda estão sendo feitas. 

LEIA TAMBÉM: Ronaldinho diz que Neymar está no mesmo nível de Messi e CR7

Atlético Mineiro

O Atlético Mineiro de Tete foi batizado com o mesmo nome do time brasileiro no início de 2014, após a boa campanha do Galo na Libertadores e Ronaldinho Gaúcho no elenco. As cores, uniforme e distintivo são exatamente as mesmas do time mineiro.

"Estamos de luto: o nosso jogador, nosso irmão, nosso amigo, nosso filho e nosso eterno zagueiro Estêvão Alberto Gino de apenas 19 anos, que tinha um futuro promissor, perdeu a vida na última noite, vítima de um crocodilo na margem do rio Zambezi.

O Clube Atlético Mineiro de Tete envia as mais sinceras condolências a sua familia, uma perda irreparável para todos nós.
Estêvão era exemplo de obediência, respeito e humildade e deixou um vazio enorme em nossas vidas."

LEIA TAMBÉM: Álbum da Copa de 1970 autografado por Pelé será leiloado na internet

Atlético Mineiro de Tete
Reprodução
Atlético Mineiro de Tete

No Facebook do Atlético Mineiro de Tete, a morte do jogador foi confirmada e o clube africano expressou suas condolências à família de Gino, "um exemplo de obediência, respeito e humildade".

    Leia tudo sobre: futebol