Para o ídolo brasileiro e embaixador do Barcelona pelo mundo, Neymar vai ganhar prêmio de melhor jogador do mundo em breve: "Questão de tempo"

Neymar e Ronaldinho Gaúcho já jogaram juntos pela seleção brasileira
Reprodução/Instagram
Neymar e Ronaldinho Gaúcho já jogaram juntos pela seleção brasileira

Neymar tem tido atuações boas com a camisa do Barcelona ultimamente. Com mais assistências do que gols, o brasileiro se destaca ao lado de Messi e Suarez. Na partida histórica contra o Paris Saint-Germain, no entanto, o atacante fez os dois. Como todos sabem, o jogo terminou 6 a 1 para o time catalão, que se classificou para as quartas de final da Liga dos campeões após perder a primeira partida por 4 a 0, e o camisa 11 marcou dois gols, sofreu um pênalti e deu passe para o tento da classificação nos minutos finais.

Leia também: Uefa confirma que recebeu queixa do PSG contra árbitro alemão

E o belo desempenho pode ter levado Neymar a um patamar acima rumo a um dos seus objetivos, que é ser melhor jogador do mundo. E ninguém melhor do que Ronaldinho Gaúcho, eleito duas vezes o melhor do mundo, para avaliar o atual momento do camisa 10 da seleção brasileira.

"Neymar e eu somos bons amigos. Ele é o maior ídolo do Brasil hoje e já está no mesmo nível que aqueles caras (Lionel Messi e Cristiano Ronaldo). Realmente esperamos que um dia ele pudesse conseguir a Bola de Ouro e continuar seu sucesso, mas não, ele já está entre os melhores, e isso é apenas uma questão de tempo", afirmou Ronaldinho durante entrevista esta semana, em Dubai.

Leia também: Fácil fazer 6 gols? Veja a última vez que brasileiros fizeram como o Barcelona

O craque, que está sem clube desde que deixou o Fluminense, em 2015, aproveitou o momento para falar sobre o confronto da última semana, no Camp Nou, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.

"Não posso dizer se foi a maior reviravolta no futebol, mas foi a mais memorável, foi especial e diferente. Foi histórico", completou Ronaldinho.

Fotos de Ronaldinho em Dubai

🇦🇪 @mansoorbinmohammed #dubai #🇦🇪

Uma publicação compartilhada por Ronaldo de Assis Moreira (@ronaldinho) em

Encontro com essa fera aqui em Dubai! @akon

Uma publicação compartilhada por Ronaldo de Assis Moreira (@ronaldinho) em

Visit @ronaldinhoacademy In Dubai 🙏🏾👌🏻

Uma publicação compartilhada por Ronaldo de Assis Moreira (@ronaldinho) em

Idolatria

Vale dizer que Gaúcho foi ídolo dos dois times envolvidos na partida antológica. Após ser revelado pelo Grêmio, em 1998, transferiu-se para o PSG em 2001 e permaneceu até 2003, quando foi comprado pelo time catalão. Permaneceu em Barcelona até 2008 e se destacou com o mais alto nível de futebol. 

Leia também: Cinco vezes melhor do mundo, Marta consegue nacionalidade sueca

Neymar, por sua vez, tenta quebrar a sequência de vitórias de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, que já dura nove anos. O último atleta 'diferente' a levar o prêmio foi Kaká, em 2007. Ronaldinho, com a camisa azul grená, recebeu o prêmio de melhor jogador do mundo pela Fifa em 2004 e 2005.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.