Caso o jogador Qin Sheng, do Shanghai Shenhua, não melhore seu comportamento, pode ser rebaixado para o time B e ficar sem salário

Qin Sheng, jogador do Shanghai Shenhua e autor do pisão
Reprodução
Qin Sheng, jogador do Shanghai Shenhua e autor do pisão

A partida entre o Shanghai Shenhua e Tianjin Quanjin no último sábado (11) teve mais repercussões além da cobrança de pênalti de Alexandre Pato. No jogo que acabou empatado em 1 a 1 no Estádio Hongkou, em Xangai, o jogador Qin Sheng, do time da casa, deu um pisão no adversário belga Axel Witsel.

LEIA TAMBÉM: Alexandre Pato isola pênalti decisivo e ainda aguenta provocação na China

Logo após o lance, Qin Sheng recebeu um cartão vermelho e se retirou dos gramados. Mas o pisão do chinês fez com que o Shanghai Shenhua não fosse capaz de tolerar o "comportamento abominável" do meiocampista, que causou "um enorme impacto negativo sobre o clube e todo o futebol chinês".

Qin Sheng está proibido de participar das próximas três partidas da Liga Chinesa e recebeu do Shanghai Shenhua uma multa de R$ 135 mil. O presidente do clube ainda afirmou que, caso o jogador não mude suas atitudes, "ficará na equipe B pelos próximos quatro anos e só terá permissão para deixar o time quando já tiver 35 anos".

LEIA TAMBÉM: Ex-santista supera inglês e se torna jogador mais velho da história

Veja o pisão:

"O comportamento extremo e irracional de Qin Sheng manchou a imagem do clube, do futebol de Shanghai e até mesmo do futebol chinês. Todos os esforços feitos por outros têm ido por água abaixo por causa dele, de sua atitude. Quando ele recebeu um cartão amarelo em um jogo da pré-temporada e antes da partida contra o Tianjin Quanjian nós o advertimos sobre seu comportamento. Mas nossos repetidos avisos não adiantaram e não impediram que ele fizesse aquilo com Witsel. Não acho que ele deu o pisão por causa do calor do momento", disse o presidente do Shanghai, Wu Xiaohui.

LEIA TAMBÉM: "Feliz aniversário": Griezmann homenageia esposa e é multado em R$ 10 mil

Em sua conta do Weibo, o Twitter chinês, Qin Sheng se desculpou pela atitude. "No último jogo, mostrei um comportamento totalmente irracional, machucando um oponente, afetando o resultado do time e criando impressão negativa", escreveu o autor do pisão.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.