A página oficial do Catraca Livre no Facebook perde milhares de fãs por dia

Gráfico indica queda de seguidores do Catraca Livre no Facebook. Fonte www.quintly.com 10h24, 01/12/2016
Divulgação
Gráfico indica queda de seguidores do Catraca Livre no Facebook. Fonte www.quintly.com 10h24, 01/12/2016

Na época da informação instantânea, alguns jornalistas possuem o péssimo hábito de caçar cliques para suas matérias de forma predatéoria e irresponsável. No entanto, estes profissionais esquecem que os leitores também possuem reações instantâneas, tanto para as matérias sérias e de qualidade, quanto para os oportunistas e exploradores. Os seguidores do Catraca Livre de Gilberto Dimenstein, no Facebook, o classificam na segunda categoria e estão abandonando sua página aos milhares. 

Leia também: Catraca Livre usa tragédia com a Chape para ganhar audiência e gera revolta

E por que isso está acontecendo?  Gilberto Dimenstein subestimou a inteligencia e sensibilidade de seus leitores, e do povo brasileiro, ao decidir explorar de forma vulgar e gananciosa a tragédia da Chapecoense. Ele postou fotos, vídeos e títulos de matérias de péssimo gosto, com o objetivo de gerar um grande movimento na página do Cataraca Livre e ganhar mais cliques e seguidores. Cego, ele mexeu com o assunto errado, de forma errada e com o povo errado.

O resultado? Exatamente o contrário do que o jornalista esperava: uma forte reação de revolta , seguida pela debandada de seus seguidores do Catraca Livre.  Ao divulgar uma nota se desculpando, o jornalista se complicou mais ainda, usando um tom arrogante e autoindulgente escrevendo, entre outros, o seguinte absurdo:  “Ganhei todos os prêmios possíveis como escritor e jornalista”.  Leia detalhes no link acima.

Quem estiver curioso, pode acompanhar o declínio do Cataraca Livre, visitando sua página no Facebook e clicando em “Likes” no lado esquerdo inferior da tela. Lá há um gráfico indicando um pico de acessos no dia do acidente (madrugada de 28 para 29), e na sequencia, quando os internautas se deram conta da baixaria protagonizada por Dimenstein, o gráfico despenca de forma vertiginosa. Se você quiser ver os fãs abandonando a página ao vivo, em tempo real, acesse o site Quintly e clique o botão laranja "See Live Statistics" neste link. É impressionante.