De janeiro para cá, a média de trocas de comando nos times já é de duas por mês

Na noite desta segunda-feira, o Flamengo resolveu demitir Vanderlei Luxemburgo  e aumentou a lista dos técnicos que tiveram o trabalho interrompido precocemente em 2015 entre os 20 clubes que integram a Série A nacional. De janeiro, quando os elencos iniciaram a pré-temporada, a maio, a média é de duas trocas de comando por mês, dez no total.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.