Para salvar o Boca, Conmebol abre mão de uma vaga na Copa de 2018, afirma jornal

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Fifa exigia uma punição maior ao time argentino, mas a entidade máxima do futebol sul-americano preferiu dar uma pena mais branda e perder uma seleção no Mundial da Rússia

A América do Sul poderia continuar com uma possível quinta vaga na Copa do Mundo de 2018, que será disputada na Rússia, mas a Conmebol resolveu abrir mão de ter mais uma seleção no Mundial para salvar o Boca Juniors de uma punição mais pesada, segundo informou o diário espanhol AS - o clube argentino foi excluído da Libertadores por conta do episódio do spray de pimenta na Bombonera, diante do River Plate.

Com isso, o Brasil pode ser um dos grandes prejudicados, já que terá que disputar as eliminatórias para Copa com uma vaga a menos em jogo, apenas quatro. São 10 seleções que participam da competição, sendo que pelo menos cinco delas têm potencial para se garantir na Rússia, como Argentina, Uruguai, Chile e Colômbia, além, claro, do time de Dunga.

Segundo a publicação, isso explica a demora da entidade máxima do futebol sul-americano em anunciar a sanção ao Boca. O fato aconteceu na quinta-feira e apenas no sábado à noite foi confirmada a eliminação do clube, além de ter que jogar quatro partidas com portões fechados e pagar multa de 200 mil dólares. 

River x Boca. Foto: DivulgaçãoBoca Juniors. Foto: DivulgaçãoPoliciais fazem proteção de escudo em um dos túneis em La Bombonera. Confusão com torcida interrompeu o clássico Boca Juniors x River Plate. Foto: Victor R. Caivano/APTécnico do River Plate, Marcelo Gallardo deixa o campo protegido por escudos de policiais. Foto: Natacha Pisarenko/APTorcida do Boca Juniors se manifesta durante a interrupção do jogo contra o River Plate, pela Libertadores. Foto: Natacha Pisarenko/APJogadores do River Plate lavam o rosto com água para aliviar os efeitos do spray de pimenta. Foto: Victor R. Caivano/APProvocação ao River Plate em La Bombonera contou com um drone trazendo o "fantasma da Série B". Foto: Victor R. Caivano/APJogadores do River Plate foram atingidos por spray de pimenta em La Bombonera. Foto: APBoca x River. Foto: Divulgação

Ainda de acordo com o AS, a Fifa exigia uma punição maior ao Boca Juniors, como ficar cinco anos longe de torneios continentais, o que seria prejudicial financeiramente para o continente.

Leia mais sobre Libertadores no iG Esporte

A Fifa deverá anunciar no final deste mês que o quinto colocado das eliminatórias sul-americanas para Copa não disputará mais a repescagem, como vinha acontecendo. Assim, apenas os quatro primeiros classificados da Conmebol vão se garantir na competição, abrindo uma vaga para Concacaf ou Ásia.

Leia tudo sobre: Copa 2018ConmebolFifaBoca Juniors

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas